Confiabilidad – La gestión de sus activos en destaque

Con la aplicación de la Ingeniería de la Confiabilidad en las áreas de mantenimiento y procesos es posible analizar y monitorear la confiabilidad, mantenibilidad y disponibilidad de sistemas, para optimizar los mantenimientos preventivos, predictivos, intervalos de inspecciones y stocks de reposición, alineando esos resultados a un análisis de calidad de costos (Lyfe Cycle Cost – LCC).

Sistemas de Gestión Indicados
Softwares Especialistas Indicados
Metodologías Indicadas
  • Análisis de Datos de Vida
  • Confiabilidad de Sistemas – Análisis RAM
  • Gestión de Activos Soportada por la Ingeniería de la Confiabilidad
  • Mantenimiento Centrado en la Confiabilidad – RCM
  • Análisis FMEA/FMECA
  • Gestión de fallas – Metodologías FRACAS y RCA
  • Análisis del Costo del Ciclo de Vida – LCC
  • Análisis de Riesgo y Simulación Estadística
  • Crecimiento de la Confiabilidad
Beneficios de la confiabilidad para la gestión de activos, mantenimiento y proceso
  • Planificación consistente para la ingeniería de mantenimiento con confiabilidad – reducción de hasta un 75% en la cantidad de planes de mantenimiento
  • Definir las políticas de mantenimiento – reducción de hasta un 20% en los costos anuales de mantenimiento
  • Determinar con precisión los stocks de piezas de repuesto – reducción de hasta un 30% en los costos anuales
  • Optimizar y entrenar al equipo de ingeniería para reducir el tiempo de paradas, fallas de equipo y costo global
  • Simulación de escenarios optimizados
  • Debido a la implementación de la ingeniería de la confiabilidad en la gestión de activos, la empresa ganará mayor confianza, con ello es posible renegociar el valor del premio del seguro – hasta un 20% de reducción en el valor anual
  • Estudio y planificación en proyectos de nuevas plantas (Proyectos Greenfield)

Fuente: Resultados basados en proyectos ya realizados por Compass. Estos valores pueden variar según la situación actual de la empresa 

Objetivo do Workshop

Revisar os principais conceitos que fazem parte do corpo de conhecimentos em gestão de ativos aplicável à Certificação CAMA (Certified Asset Management Assessor – Avaliador de Gestão de Ativos Certificado).

É indispensável a leitura do material listado a seguir já que o Workshop pressupõe conhecimento prévio do mesmo.

Benefícios da Certificação

Para os profissionais, a obtenção do CAMA demonstra conhecimento e compreensão em Gestão de Ativos em nível global.

As organizações são capazes de determinar a competência e a experiência do
profissional, seja ele parte de uma equipe de auditoria ou auxiliando a implementar e avaliar sistemas de Gestão de Ativos.

A certificação CAMA também atende aos requisitos do Esquema Conjunto de Sistemas de Gestão de Ativos da Austrália e da Nova Zelândia: «Requisitos para os órgãos que fazem auditoria e certificação de Sistemas de Gestão de Ativos» de abril de 2015.

Instrutor: João Ricardo Barusso Lafraia

Programação

  • Introdução
  • Estratégia & Planejamento para Gestão de Ativos
  • Organização e Pessoas para Gestão de Ativos
  • Tomada de Decisões para Gestão de Ativos
  • Atividades de Entrega do Ciclo de Vida
  • Informações sobre Ativos
  • Gestão de Risco

Leituras Obrigatórias

  • The Asset Management Landscape, Second Edition, GFMAM, ISBN978-0-
    9871799-2-0
  • ABNT ISO55000:2014 Gestão de ativos — Visão geral, princípios e terminologia
  • ABNT ISO 55001:2014 Gestão de ativos — Gestão de ativos — Sistemas de gestão — Requisitos
  • ABNT ISO 55002:2014 Sistemas de gestão — Diretrizes para a aplicação da
    ABNT NBR ISO 55001
  • ABNT ISO/IEC TS 17021-5
  • Especificação de competência para Auditor/Avaliador desenvolvido pelo
    GFMAM, ISBN978 0 9871799 3 7 GFMAM_ISO55001
  • ABRAMAN, Fundamentos da Gestão de Ativos – Apostilas do Curso
  • Asset Management Anatomy v. 3.0 – The IAM (www.theiam.org.uk)
  • PAS 55 part 1 e 2 em Português

Reliability is quite flexible and can be applied in various engineering areas and different industry segments.

Reliability Engineering is a scientific methodology applied to know life behavior of products, equipment and systems in order to ensure that they carry out their function, without failure, for a period of time and in a condition of specific use. Although reliability is a parameter calculated by a statistical and mathematical methodology, its application in products and equipment has a direct impact on the risk and financial profitability of organizations.

Compass understands the differences in its clients’ sectors of operation, so it directs its products to better serve them within their needs in the areas of maintenance, processes and product development. Check out a few examples of practical application by segment.

COMING SOON

Reliability is quite flexible and can be applied in various engineering areas and different industry segments.

Reliability Engineering is a scientific methodology applied to know life behavior of products, equipment and systems in order to ensure that they carry out their function, without failure, for a period of time and in a condition of specific use. Although reliability is a parameter calculated by a statistical and mathematical methodology, its application in products and equipment has a direct impact on the risk and financial profitability of organizations.

Compass understands the differences in its clients’ sectors of operation, so it directs its products to better serve them within their needs in the areas of maintenance, processes and product development. Check out a few examples of practical application by segment.

COMING SOON

Veja abaixo a opinião de quem realizou este curso.

Daniel do Nascimento Silva VALE

“Já tinha algumas noções básicas sobre o sistema Weibull, mas nunca havia utilizado de forma ativa. Com o treinamento percebi o quanto de tempo eu perdi na elaboração de estudos de confiabilidade através de planilhas eletrônicas, sendo que os mesmos poderiam ter sido feitos de forma mais rápida, efetiva e eficaz pelo Weibull. O treinamento também serviu para alinhar conceitos de confiabilidade e conhecer todos os aspectos matemáticos por trás dos cálculos utilizados.”

Thiago André de Oliveira Daniel AES Tietê

“Muito bom, superou as expectativas e será muito importante no meu aprimoramento profissional.”

Guilherme Negresiolo Libório TV Globo

“Excelente, superou em muito minhas expectativas com uma metodologia de fácil compreensão utilizando estudos de casos reais e interessantes. Terá aplicabilidade imediata.”

Glauber Raynon Mendes Freitas Kinross Brasil Mineração

“Excelente treinamento, eu recomendo.”

Jéssica Renata Teixeira Francisco Modine

“Treinamento de ótima qualidade! Confiabilidade 100% nos cursos da ReliaSoft!”

Paulo de Tarso Rossi A. Cordeiro Cemig

“Parabéns a ReliaSoft por possuir em seu quadro um profissional de didática, conhecimento e competência tão elevada com qualidade para ministrar treinamentos em níveis de excelência mundiais.”

Takashi Inomata

“Recomendo a todos os engenheiros que atuam na área de projetos, produção e manutenção.”

Ronaldo Rodrigues IVECO

“Prendeu minha atenção incrivelmente.”

Alexandre Leal Mercedes-Benz do Brasil

“Muito didático, direto e bem completo. Pronto para aplicação dos conceitos no dia-a-dia da Engenharia de Desenvolvimento.”

Bruno Agra Kleinau Celpe

“A qualidade e aplicabilidade do treinamento serão muito importantes para trabalhar o atual problema que estamos tratando em minha empresa.”

João Vitor Storti Novo Grupo Raizen

“Forneceu orientação suficiente para saber que há possibilidades de análises quantitativas na minha empresa, o que possivelmente oferecerá retorno financeiro.”

Guilherme da Costa Silva MRS Logística

“Treinamento didático e bem elaborado. A empresa em que trabalho adquiriu o software e necessitávamos conhecer melhor a ferramenta para efetuar os estudos propostos. Durante a semana de treinamento pude explorar os conceitos básicos e métodos de utilização para dar suporte às necessidades da empresa. Fica a esperança de voltar para outros módulos a fim de otimizar a interface entre Manutenção e Confiabilidade. Parabéns a ReliaSoft!”

Marcos Paulo Eudoxio MRS Logística

“O treinamento é bastante objetivo é didático. Com as experiências adquiridas durante o treinamento será possível atender as demandas da empresa (quanto orçar em função da probabilidade de falha) .”

Valter Molero Volkswagen

“Muito importante, permitiu conhecimento da base estatística para conhecimento e utilização dos aplicativos.”

Alexsandro Teixeira Gomes Cemig

“O treinamento básico foi eficaz para a iniciação do tema: Engenharia de Confiabilidade.”

Washington Santos Tiburcio Metrô SP

“O instrutor foi bem didático e amigável.”

Deivison Augusto da Vitória Vale

“Excelente. Muito focado nos principais desafios das empresas na gestão dos seus ativos. Alta qualidade dos materiais de apoio, dos softwares e do instrutor. Parabéns.”

Douglas Gonçalves Vale

“Treinamento de ótima qualidade, focado no objetivo principal.”

Julio Cesar Vale

“Treinamento de ótima qualidade com instrutor com total conhecimento do assunto trazendo os exemplos dos estudos de casos para a nossa realidade.”

André Luiz Souza Andrade Vale

“Aplicável para a realidade atual da empresa.”

Orçamento – Orion

Nome*

Sobrenome*

Empresa*

Cargo*

Telefone*

E-mail*

Quantos equipamentos (TAGs)¹ você pretende gerenciar com o Orion eAPI?  

(¹) TAG consiste numa sigla técnica para posição funcional, e pode abranger unidade de negócio, área, sistema, subsistema, equipamento ou outro nível menor ao qual se deseje realizar a gestão baseada na Confiabilidade.

Qual tipo de sistema CMMS você utiliza?

IBM MaximoSAP PMOutros 

Informar como pretende realizar a integração com seu CMMS

Arquivo texto (*.txt)Conexão direta com banco de dados (view)Web ServicesSAP PIMaximo MIFOutros 

Como será o desenvolvimento da camada de integração CMMS?

A TI da CONTRATANTE será responsável pelo desenvolvimento da camada de integração CMMS e disponibilização das interfaces de integração para Compass.A Compass deverá desenvolver a camada de integração CMMS.

Selecione os dados e as informações que você tem registrado em seu banco de dados. Especificar o sistema em que se localiza a informação (ex. SAP, Maximo, etc.).

Dados do Equipamento  
Ordem de Serviço  
Perda de Produção  
Monitoramento da Condição  
Planos de Manutenção  

Sua empresa possui infraestrutura interna de TI para suportar soluções empresariais?

SimNão. Será necessário adquirir software ou hardware (ex. servidores, licenças SQL/Oracle, etc.)

Qual tipo de instalação é a mais adequada para que seus profissionais possam acessar o sistema? Selecione, todas as alternativas que se aplicam a sua empresa:

Acesso à rede localAcesso Site a Site (Tipo Frame Relay)Acesso VPNProvedor de ServiçoOutros (Quais?) 


Orçamento – XFracas

Nome*

Sobrenome*

Empresa*

Cargo*

Telefone*

E-mail*

Quantidade de usuários nomeados para acesso ao sistema XFRACAS

Quais tipos de usuários terão acesso ao sistema? Selecione todos que se aplicam
Usuários de uma única empresaUsuários de várias plantas da empresa no mesmo paísUsuários de várias plantas da empresa em todo o mundoTerceiros (como fornecedores e distribuidores) fora da empresaOutros  

Qual característica do XFRACAS mais interessa? Selecione todas que se aplicam a sua empresa.
Relatório de incidentes/problemasIdentificação/resolução do problemaSuporte ao clienteMonitoramento de sistemas seriadosMonitoramento de sistemas genéricos (exemplo : a nível de modelo, a nível de sistema)Monitoramento de processoMonitoramento de segurançaAnálises WeibullAnálises de crescimento da confiabilidadeGerenciamento de açõesImportar/exportar dadosAnálise de causa raizOutros  

Que tipo de processo de resolução de problema sua empresa utiliza?
Nenhum8 Disciplinas (8D)DMAIC - Seis SigmaDCOVIDOVCDOVOutros  

Que tipo de ferramentas de análise de falhas sua empresa aplica para o estudo de falhas, defeitos e problemas crônicos?
Diagrama de Ishikawa5 Por queBrainstormingÁrvore de Causa e EfeitoÁrvore de Causa RaizNenhuma das análises acimaOutras  

Sua empresa possui infraestrutura interna de TI para suportar soluções empresariais?
SimNão. Será necessário adquirir software ou hardware (ex. servidores, licenças SQL/Oracle, etc.)

Qual banco de dados você pretende usar?
SQL ServerOracle

Você possui histórico/dados que você gostaria de importar para o novo sistema?
Sim, migração da estrutura dos locais de instalação (hierarquização)Sim, migração do histórico dos dados de registro de falhaNão

Existe algum sistema próprio ou de terceiros que você gostaria de integrar ao sistema XFRACAS por meio de um processo automatizado de carga?
Sim.  
Não.

Sua organização utilizaria múltiplas entidades no sistema XFRACAS? Informe o número de entidades
1 a 34 ou maisNão tenho certeza a quantidade de entidades necessárias

Orçamento – Softwares

Nome*

Sobrenome*

Empresa*

Cargo*

Telefone*

E-mail*

Software de Interesse

Weibull++ALTABlockSimRENORGALambda PredictXfmeaRCM++RBIMPCSEPSuíte RAM EssentialSuíte RAM PremiumSuíte DFR EssentialSuíte DFR PremiumSuíte Master

Tipo de Licença  

Quantidade de Usuários  

Todos os usuários precisam de acesso simultaneo?  

Localização Geográfica dos Usuários



Solicitação Demo


Orion eAPIXFRACASWeibull++ALTARGABlockSimRENOLambda PredictXFMEARCM++RBIMPCSEP

Suporte


Contato

Contact our team. Fill the form below and send us your message.

At this moment, our contact form is deactivated.

Please, send us an email to contato@ctscompass.com

Our Address

  • Compass – Brasil
    R. Domingos de Morais, 2187 – Vila Mariana – São Paulo/SP
    Torre Paris | Sala 612 | 04035-000
    Phone: +55 11 2177-5456
    Email: contato@ctscompass.com

Find Our Office

Learn more about the companies that rely on Reliability Engineering to ensure the optimization of their operation and results.

AES Brasil
AEL
AGCO
ALUMAR- Alumínio do Maranhão
ALUNORTE
ALCOA Alumínio SA
Alstom
Amanco
AmBev
Anglo American
Anglo Ferrous
AngloGold Ashanti
ArcelorMittal
Atlas Copco Brasil
Avibrás
BASF
BP
Braskem
Bunge
Cargill
CBA – Cia Brasileira de Alumínio
Cemig
Centro Tecnológico da Marinha em SP
Chesf
Chevron
Cimento Itambé
Continental
Copel
CPN
CPTM
CSN
Delphi
Denso do Brasil
Diebold Procomp
Dow Química
Duratex
EDP
Electrolux do Brasil S. A.
Eletrobras
ELETRONORTE
Eldorado Brasil
EMBRACO
EMBRAER
Engemix
FIAT Automóveis
Ford do Brasil
Furnas Centrais Elétricas
Greenbrier Maxion
Grupo Petrópolis
Hydro
ILA
INDT – Nokia
John Deere
KOC – Kuwait Oil Company
Mahle Metal Leve S. A.
Metrô de São Paulo
Mercedes-Benz do Brasil
Millenium do Brasil
MMX
Monsanto
MRN
MRS Logística
MWM International
Navistar International
Nestlé
Nexa Resources
Novo Nordisk
Petrobras
Petronas
Positivo Informática
Progen
Queiroz Galvão
Rhodia
Robert Bosch
Sadia
Scania
Schaeffler
Subsea 7
Suncoke Energ
Suzano
TAAG Linhas Aérea
TBG
Tetra Pack
ThyssenKrupp
Tupy
TV Globo
Vale
Via Quatro
Volkswagen do Brasil
Votorantim
Volvo
Whirlpool
ZF do Brasil

We offer the trust your business needs to make the right decision.

Compass is a pioneer in the application of Reliability Engineering in South America, offering a complete solution in reliability with the sale of software, training, consulting and systems for business solutions.

We began our history in 1998 under the name of ReliaSoft Brasil, in partnership with ReliaSoft Corporation, for the exclusive sale of specialized software in South America and Portugal. During these 20 years, we have trained thousands of professionals in our region, carried out hundreds of projects with excellent results and launched the first exclusive Reliability Engineering event, also participating actively in the discussions on this subject in several countries around the world.

In 2018, with the launch of the new brand, we set out on a new journey. We continue to exclusively represent ReliaSoft Corporation software in South America – currently part of the HBM Prenscia portfolio – and have expanded our operations worldwide through the sale of Orion eAPI, with the Consultant network program, and new partnerships.

We have celebrated 20 years doing what we do best: implementing Reliability Engineering and disseminating its benefits, supporting companies to achieve significant gains in the areas of maintenance, processes, asset management and product development.

Check out our timeline

Reliability – The management of your assets in focus

With the application of Reliability Engineering in the areas of maintenance and processes, it is possible to analyze and monitor the reliability, maintainability and availability of systems to optimize preventive and predictive maintenance, inspection intervals and spare stocks, aligning these results with an analysis of costs (Life Cycle Cost – LCC).

Indicated Management and Analysis Systems
Indicated Methodologies
  • Life Data Analysis
  • System Reliability –RAM analysis
  • Management of Assets Supported by Reliability Engineering
  • Reliability-centered Maintenance – RCM
  • FMEA/FMECA analysis
  • Failure Management – FRACAS and RCA methodologies
  • Analysis of the Life Cycle Cost – LCC
  • Risk Analysis and Statistical Simulation
  • Reliability growth
Benefits of reliability for asset, maintenance and process management
    • Consistent planning for maintenance engineering with reliability – reduction of up to 75% in the number of maintenance plan
    • Define the maintenance policies – reduction of up to 20% in the annual maintenance costs
    • Accurately determine the stocks of spare parts – reduction of up to 30% in annual costs
    • Optimize and train the engineering team to reduce downtime, equipment failure and overall cost
    • Simulation of optimized scenarios
    • Due to the implementation of reliability engineering in the management of assets, the company will gain greater reliability so it is possible to renegotiate the value of the insurance premium – up to 20% reduction in the annual value
    • Study and planning in projects for new plants (Greenfield Projects)

Source: Results based on projects already carried out by Compass. These values may vary according to the company’s current situation.

Consultancy to get to know the reliability of your project, process or product and support the decision-making process.

If your company needs to analyze reliability from a defined scope, but you don’t have the time or team prepared to carry out this activity, the Compass team of engineers is the solution.

Our consultancy will be based on one or more of the methodologies described below:

RAM Analysis Consulting (Reliability, Availability and Maintainability):

For the modeling, analysis and simulation of the reliability, maintainability, availability and productivity of process plants, products or systems, in various scenarios of interest.

Deliveries

• RBD model representing the reliability, maintainability, availability and productivity logic of the assets in the scope of the project.
• Simulation of the system presenting the following results (system and its assets):
>>> Reliability, maintainability and future availability
>>> Production capacity forecast
>>> Expected number of failures, repair times and operating times
>>> Maintenance cost forecast
>>> Most critical equipment (bad actors)
>>> Production flow analysis (throughput)
>>> Simulation of improvement scenarios
• RAM analysis delivered in BlockSim analysis software.
• Simulation for improvement scenarios.

Benefits

• Determining the reliability and future availability of the system.
• Inventory adjustments of spare items.
• OPEX and CAPEX cost reduction.
• Increased availability and productive capacity.

RCM Analysis Consulting (Reliability Centered Maintenance):

To develop an optimized maintenance strategy that will ensure the best performance with the lowest cost and within an acceptable risk.

Deliveries

• Reviewed and optimized procedures and plans.
• Reviewed hierarchy.
• Classification of failure modes and their financial, operational and safety impacts.
• Analytical maintenance plan, in spreadsheet format to be loaded in the CMMS, containing all the necessary information for the maintenance strategy.
• RCM analysis delivered in RCM++ analysis software.
• Final technical report contemplating the methodology used in the project, identified critical points and conclusions.

Benefits

• Optimization of the maintenance plans.
• Reduction of the total amount of maintenance plans.
• Average reduction of 50% of the maintenance activities based on time.
• Average increase of 30% of the maintenance activities based on the condition.
• Average reduction of 20% of the annual maintenance costs.

Spare Part Analysis Consulting (Spare Part Forecast):

To determine or adjust the optimal levels of spare items necessary for the continued and safe operation of your process, avoiding the lack or excess of materials.

Deliveries

• Optimized list of spare parts for each item analyzed, including maximum and minimum quantity and the respective probability of success.
• List in a spreadsheet, prepared to be loaded in the supply system of supplies.
• Final technical report contemplating the methodology used in the project, identified critical points and conclusions.

Benefits

• Increase of system availability by the precise definition of the right amount, at the right place and at the right time.
• Potential reduction of up to 50% of the current inventory of spare items.
• Short-term financial results.

LCC Analysis Consulting (Life Cycle Cost Analysis):

Life cycle cost analysis (LCC) is a process of economic assessment of the total cost of an asset. It is a methodology to determine the ideal moment to replace, overhaul or decommission the assets. Also used for capital investment programs.

Deliveries

• Asset life plan.
• Determining the economic life of the asset.
• Descriptive report with theoretical details and the metrics used in the analyses.

Benefits

• Increased availability and reduction of maintenance costs by accurately determining the asset’s economic life.
• Reduction of loss of profit by the correct definition of the asset’s economic life.

Consultancy in Failure Analysis Management

To ensure an effective registration process, failure analysis and the implementation of corrective and preventive actions. The process of failure management is a standard activity in companies, but this process usually doesn’t eliminate the root cause of the failure, generating a recurrence of the events that cause the system shutdown.

Deliveries

• Report pointing out the gaps found in the current failure management process.
• Optimized failure management procedure.
• Implementation of the new failure management process.

Benefits

• Reduction of failure recurrence.
• Reduction in the number of unforeseen occurrences.
• Increase in the system’s availability and productivity.
• Promotion of continuous improvement.

Consultancy to implement a reliability program in your company.

We will support your company in the development of a reliability program customized to your needs. The implementation process covers the following phases:

  • Managerial lecture for directors and managers
  • Training in concepts and applications
  • Acquisition and training of analysis tools
  • Implementation and monitoring of the first practical applications

Deliveries

Compass will transfer know-how and provide all technical support so that the Contractor’s own team can develop and complete its projects and analyses.

Note: The implementation is a technical support model, which Compass will not be responsible for carrying out the analysis, or issuing reports.

Benefits

  • Financial gains generated by the first practical applications
  • Team trained to multiply the acquired knowledge

Compass Consulting – Confidence in decisions

Knowing the reliability of products, equipment and processes is the most effective way to achieve business goals and obtain operational efficiency, but many organizations don’t have the time or staff prepared to perform reliability activities, to do so, Compass offers different consulting formats according to your needs.

Compass Consulting allows you to:

Develop a reliability program in your company

Every company can have access to the benefits of a reliability program and Compass can customize it according to their needs.

Have better control over your operation and maintenance costs through an asset management of excellence

Compass will optimize its operating and maintenance costs by adapting the maintenance plans, adjusting spare part inventories and the simulation of improvement scenarios, ensuring the reliability, availability and productivity of your assets to achieve operational efficiency.

Have control of your products’ life cycle

Compass will help you determine the reliability of your product with the application of the design reliability system (Design for Reliability – DFR), addressing the methodologies and tools that should be used in all phases of new product development, from its conceptualization to the use of the product by the client.

Diagnostics to evaluate your company's reliability program or asset management strategy.

Reliability Assessment

The Compass Gap Assessment aims to evaluate your company’s current practices related to Reliability, identify strengths, and point out potential improvements.

Deliveries

• Final technical report presenting all results, conclusions and recommendations.
• Radar chart showing the company’s reliability maturity.
• Reliability Program Plan (RPP): program for the implementation of Reliability Engineering in a systemic manner.

Benefits

• Obtain a reliability program customized to your needs and the reality of your business.

Asset Management Assessment

Assessment to evaluate your company’s asset management system and its correspondence with the requirements of international standard ISO 55001, requirement guide PAS 55 and the Asset Management Landscape (GFMAM, ISBN978-0-9871799-2-0).

Deliveries

• Final technical report presenting all results, conclusions and recommendations.
• Radar chart presenting the current maturity of the asset management system.
• SAMP (Strategic Asset Management): strategy for implementing an asset management system, following the ISO 55001, PAS 55 and GFMAM requirements.

Benefits

• Alignment between the company’s strategy and the asset management strategy.
• Obtain an Asset Management strategy (SAMP) customized to your needs and the reality of your business.

Technical support and new versions of the software will be available to users upon confirmation of the active support plan. The user can perform the call opening through the form below. Support is provided from Monday to Friday during business hours, except on national and municipal holidays.

Support Plan Benefits

  • Technical support of features and installation
  • Free upgrades of new versions and releases

Technical Support Policy

  • Technical support applies to the current software version.
  • Support is limited to software features. If you need assistance with reliability or asset management methodologies, we suggest hiring consulting or training for your company.
  • For the questions submitted, replies will be provided within 2 business days.

Support Request Form

At this moment, out Support Form is deactivated.

Please, send us your request to suporte@ctscompass.com informing your name, company, telephone number and a brief summary of the technical problem and our team will contact you soon.

Below are the types of licenses available by software.

Orion eAPI – Licence by TAGs

Orion eAPI is available for a number of contracted TAGs*. This amount can be increased by purchasing expansion packages. The number of users that can use the system and all its features is unlimited, and may include all employees and respective suppliers, who have engineers and/or technicians allocated in the unit of the CONTRACTOR.

* It is the technical acronym for functional position, and can cover a business unit, area, system, subsystem, equipment or other lower level you wish to manage based on Reliability.

The Orion eAPI system was developed and designed on a Web-based platform to meet the needs of major organizations.

It is based on the .NET Framework and designed to be n-tier, scalable, distributable, robust and capable of being implemented on multiple servers or on a single computer (in large and medium-sized organizations we recommend using one server for the database and another server for the web application).

The requirements of the technical specifications necessary for the use of the Orion eAPI system are:

User Stations

  • • Internet Explorer 7 or higher that is compatible with the following doctype:
    <!DOCTYPE html PUBLIC «-//W3C//DTD XHTML 1.0 Transitional//EN» «http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-transitional.dtd»>
  • • Microsoft Framework.net 3.5 or higher
  • • SilverLight

Servers (Database / Web Application)

• Windows Server 2008 R2 or higher

• IIS that support ASP.NET

• Microsoft SQL Server 2005 or higher (32-bit and 64-bit versions)

• Framework .net 3.5 or higher

• MS-Chart Component

Local Network Access

The Orion eAPI system will perform better on a local network, allowing access to network internal and external computers. For external access, the client must establish a well-defined security policy and firewall rules.

Site to Site Access (Frame-Relay type)

Since Orion eAPI system is web-based, it can be accessed by using a web browser and a frame-relay network acting as a local network. This allows different sites to access information centralized in the Orion eAPI.

VPN Access

The Orion eAPI system can be accessed externally or remotely. For this configuration, the company must have VPN access through the IP acquisition of the local network where the Orion eAPI is installed. This configuration facilitates Orion eAPI queries for employees who are working outside the plant.

Services Provider

The Orion eAPI system can be hosted on a service provider with full integration with your local database. This configuration facilitates administration and reduces the need for the acquisition of resources.

Business system for the management of industrial assets supported by reliability and in conformity with ISO 55.000 and PAS 55.

Orion eAPI is a web-based system that allows full integration with databases such as CMMS (SAP, Maximo, etc.), shutdown registration system, PINS, condition monitoring, and other sources of information. The system has tools for reliability analysis and also integrates with other expert analysis tools.

The system is structured by the following modules:

Asset Management Cycle

Connects the organization’s strategic planning to the asset management system supported by performance indicators that span the asset’s life cycle. It allows the organization of the main documents required by ISO 55001: Scope, Asset Management Policy, Stakeholders, SAMP (Strategic Asset Management Plan), Goals, AMPs (Asset Management Plan) and System Indicators.

MoC (Management of Change)

Structured process to monitor and control any change that impacts the company’s strategy and its asset management system.

Assetbook

Gathers asset information such as photos, location in the functional structure, date of acquisition, service orders, maintenance plans, analysis performed, performance indicators, contingency plans, etc.

Triggers

Triggers to support asset management that include: asset performance triggers*, failure triggers based on expressions defined by the user and, triggers based on asset management indicators.

* MTBF, MTTR, availability, costs, etc

Analysis Modules

Orion is an asset management system supported by the quantitative and qualitative methodologies of reliability engineering. These analysis support precise decision-making processes in organizations. The Orion eAPI reliability analysis modules include the following:

  • Life Data Analysis – LDA: Module for the analysis of asset reliability and maintainability
  • Reliability Growth – RGA: Module for the analysis of the MTBF trend
  • Visual Analysis – RCA: Module for structured analysis to eliminate recurring faults by identifying its root cause. It includes the following tools: Brainstorming, 5 Whys, Ishikawa Diagram, Cause/Effect Analysis and RCA.
  • Spare Part Forecast: Module for the analysis of the optimal quantity of spare items
  • Degradation Analysis – DA: To estimate the life of items from the condition monitoring data.
  • Integration with other Analysis Tools: A module that allows integration with other expert tools in reliability analysis and related subjects (for example: ReliaSoft software such as BlockSim, RBI, RENO, Weibull++, etc.).

Improvement Plans

Allows the creation of improvement plans and asset management plans. It allows the monitoring of the actions’ evolution by means of the portals and by sending emails to those responsible and involved. It also provides a panel to monitor the ROI of all improvement projects.

Reliability Forecast

Allows the monitoring of the probability of future failures based on asset reliability and criticality.

Production Modules

To analyze the OEE (Overall Equipment Effectiveness) and classify losses.

KPI/Dashboard Module

Allows the creation of a custom indicator panel for each user to monitor the assets that under their responsibility. It allows the detailing of the indicators to the lowest level of the system’s hierarchy.

Preventive Module

Determines the best periodicity for the preventive interventions, from the reliability curves and information of the maintenance costs.

Report Module

It allows the generating and printing several types of reports: number of failures, MTBF, MTTR, availability, production loss, costs, reliability forecast, consolidated view, among others.

User’s Portal and Group Portal

Allows individual users or users linked to interest groups to manage and monitor all activities related to asset management, such as actions, improvement projects, analyses, reports, searches, etc.

Search Module

Allows you to search information on the system database by selecting tables and fields of related subjects; once created, searches can be published to specific groups of users or to the entire organization.

Administration Module

The administration module adds application configuration functions such as system list registrations, user and system configurations, management of data import processes and registration of access profiles and users.

OUR SOLUTIONS How to apply Reliability Engineering in your business

Asset Management and Maintenance

Ensure maximum availability at the lowest cost, managing risks throughout the entire life cycle of your assets.

  • • Maintenance strategy
  • • Productive capacity
  • • System availability
  • • Spare parts forecast

ACHIEVE A NEW LEVEL OF OPERATIONAL EFFICIENCY!

A few numbers of

COMPASS

Trained Professionals

22000

Software Users

100000

SIC Participants

5000

Assets Analyzed

513000

Consulting Projects

131

Rede Consultor
Program

The first Reliability Engineering Consulting
training program.

CLASSROOM AND ONLINE COURSES!

Veja abaixo a opinião de quem realizou este curso.

Alberto Berndt Tek Motiva

“O treinamento foi ministrado dentro do tempo adequado e propiciou discussões técnicas de alto nível, estimuladas pelo Instrutor. Parabéns!”

Esdras Bernini dos Santos AES

“Com o treinamento vou poder melhorar a técnicas e métodos que já utilizamos na resolução e analise de falhas dentro da empresa.”

Daniel Marques dos Santos AES

“O consultor entende do tema. O assunto abordado contribui para a melhor performance de minhas atividades no trabalho.”

Daniel Ângelo ArcelorMittal

“A minha intenção em fazer o treinamento era conhecer métodos de análise de falhas e o treinamento foi muito além dos meus objetivos. Parabéns equipe ReliaSoft!”

Carlos Cristofari ArcelorMittal

“A metodologia FRACAS é muito interessante pela flexibilidade e amplitude, podendo ser aplicada e customizada para outras áreas da empresa. O treinamento foi muito bom porque o consultor acrescentou conhecimento de outros treinamentos que complementaram a visão da engenharia de confiabilidade. Gostei muito do sistema da XFRACAS. Parabéns, pois conseguiram desenvolver um sistema que fecha o ciclo de Análise de Falhas, constituindo uma ótima plataforma de gestão de conhecimento.”

Fernando Xavier Vale

“O curso foi muito bem ministrado pelo consultor que conhece bastante sobre cada tópico abordado, indo além do esperado em situações onde se fazia realmente necessário. As condições e materiais atenderam bem. Foi um evento bastante valioso. O XFRACAS tem interface de fácil manuseio e interação, sendo bastante benéfico como sistema integrado, proporcionando fácil acessibilidade para pesquisas, rastreabilidade de eventos, formação de banco de dados e conexão com o SAP.”

Herbert Ferreira Almeida Ferraz Vale

“Treinamento muito rico em conteúdo técnico e qualidade. Parabéns para a empresa e ao consultor pela competência para ministrar o treinamento.”

Tiago Bispo Vale

“Treinamento muito importante para engenheiros de manutenção, visando suporte a equipes de confiabilidade e tratativa de falhas recorrentes.”

Luciano Zeno Vale

“Treinamento muito bom. Auxilia nas análises de Falhas, além de promover maior interface entre os diversos sites da empresa.”

Fellipe Façanha Adriano Vale

“Excelente didática. Soube ilustrar com exemplos práticos a aplicação das ferramentas e a utilização do sistema”

Eu sou um bloco de texto. Clique no botão Editar (Lápis) para alterar o conteúdo deste elemento.

Eu sou um bloco de texto. Clique no botão Editar (Lápis) para alterar o conteúdo deste elemento.

Eu sou um bloco de texto. Clique no botão Editar (Lápis) para alterar o conteúdo deste elemento.

Eu sou um bloco de texto. Clique no botão Editar (Lápis) para alterar o conteúdo deste elemento.

Conteúdo Programático do Curso

Veja abaixo detalhamento

Sessão 1 – 16 horas (pré-requisito)

A Sessão 1 traz os conceitos básicos da Análise dos Dados de Vida (Life Data Analysis) de um produto ou equipamento.
Os exercícios práticos contarão com o apoio do software Weibull++ da ReliaSoft.

  • A Engenharia de Confiabilidade
    • Definições Básicas
      • Métricas e Indicadores
      • Metodologia para estimação de parâmetros
        • RRX ou RRY
        • MLE
    • Tipos de Dados de Vida
    • Distribuições Estatísticas de Vida
      • Modais
        • Normal, Log-Normal, Weibull, Exponencial
    • Gráficos da Engenharia de Confiabilidade
    • A Curva da Banheira
      • Interpretação e uso
    • Intervalos de Confiança
      • Matriz de Fischer
  • Exercícios de Aplicação no Software Weibull++
  • Outras Aplicações e Interpretações
    • Interpretar e estabelecer metas de confiabilidade
    • Determinar e interpretar o tempo ótimo para substituição
    • Especificar a confiabilidade para fornecedores
    • Dimensionar estoque de peças de reposição
    • Análise RDA utilizada para sistemas reparáveis

Sessão 2 - 24 horas

A Sessão 2 aborda a Análise de Ensaios Acelerados de Vida, oferecendo aos participantes a compreensão teórica e prática da modelagem estatística da confiabilidade para condições elevadas de estresse. O participante aprenderá a analisar corretamente os dados obtidos nos ensaios acelerados, obtendo parâmetros e informações que serão extrapoladas para as condições normais de uso dos produtos e equipamentos.  O software ALTA Pro, da ReliaSoft, será utilizado para aplicação de exercícios e cases práticos.

Os tópicos cobertos serão:

  • Ensaios Acelerados de Vida
    • Visão Geral dos Ensaios Acelerados
    • O que são e como aplicá-los
  • Tipos de Ensaios Acelerados
    • Carregamento Único: 01 fator de estressamento
    • Carregamentos Múltiplos: Mais de 01 fator de estressamento
    • Carregamentos Variáveis no Tempo: Variáveis de estressamento mudam com o tempo e durante o andamento do teste
  • Aplicação de Modelos de Relacionamento entre Stress e Vida e suas Análises:
    • Modelo de Arrhenius
    • Modelo de Eyring
    • Modelo da Potencia Inversa
    • Modelo de Temperatura-Umidade
    • Modelo Não Térmico de Temperatura
    • Modelo Riscos Proporcionais (Proportional Hazard)
    • Modelo Riscos Não Proporcionais
    • Exposição Acumulativa / Modelo por Danos
  • Predição da Confiabilidade, Tempos de Garantia e Tempos Médios entre Falhas (MTBF)
    • Gráficos de Probabilidade
    • Gráficos de Confiabilidade
    • Gráficos de Taxas de Falhas
    • Gráfico de Funções Densidade de Probabilidade (PDF)
    • Gráfico de Vida x Stress
    • Intervalos de Segurança em Dados de Vida Acelerados
    • Planejamento de Testes
  • A aplicação de Ensaios Acelerados juntamente com a Análise de Degradação

Conteúdo Programático do Curso

Veja abaixo detalhamento

Sessão 1 – 16 horas (pré-requisito)

A Sessão 1 traz os conceitos básicos da Análise dos Dados de Vida (Life Data Analysis) de um produto ou equipamento.
Os exercícios práticos contarão com o apoio do software Weibull++ da ReliaSoft. 

  • A Engenharia de Confiabilidade
    • Definições Básicas
      • Métricas e Indicadores
      • Metodologia para estimação de parâmetros
        • RRX ou RRY
        • MLE
    • Tipos de Dados de Vida
    • Distribuições Estatísticas de Vida
        • Modais
          • Normal, Log-Normal, Weibull, Exponencial
    • Gráficos da Engenharia de Confiabilidade
    • A Curva da Banheira
      • Interpretação e uso
    • Intervalos de Confiança
      • Matriz de Fischer
  • Exercícios de Aplicação no Software Weibull++
  • Outras Aplicações e Interpretações
    • Interpretar e estabelecer metas de confiabilidade
    • Determinar e interpretar o tempo ótimo para substituição
    • Especificar a confiabilidade para fornecedores
    • Dimensionar estoque de peças de reposição
    • Análise RDA utilizada para sistemas reparáveis

Sessão 2 – 24 horas

Essa sessão traz a análise de confiabilidade e disponibilidade de sistemas reparáveis e não reparáveis. O curso continua no contexto da Engenharia da Confiabilidade quantitativa e oferece aos participantes a conceituação teórica e prática da modelagem estatística de sistemas complexos ou não com o apoio do software BlockSim da ReliaSoft.

  • Definindo um sistema
  • Visualizando um sistema como uma coleção de componentes e/ou modos de falha.
  • Utilizando RBDs para representar o modelo de Confiabilidade de um sistema.
  • Configurações Série
  • Configurações Paralelas Simples
  • Configurações K de n (K-out-of-n).
  • Configurações Complexas
    • Teorema do Método de Bayes
    • Configurações Complexas para Modos de Falha, Redes e Sistemas Mecânicos
    • Introdução a Dependência do Tempo
    • Inclusão de Componentes “usados” na modelagem
      • Métricas para Modelagem de Sistemas:
        • Obtendo a pdf de um sistema
        • Derivando as funções de interesse:
          • Função Taxa de Falha
          • MTTF do sistema
          • Etc,
  • Modelando blocos independentes:
    • Combinando distribuições de falha com relações de vida-estressamento (carregamentos) para descrever defeitos dependentes
    • Configurações “load sharing” Básicos
    • Configurações K de N (K-out-of-N) em “load sharing”
  • Modelando redundâncias “standby”
    • Distribuições de falha de itens em “operação” e itens “em repouso”
    • Definições “standby”, “Hot”, “Warm” e “Cold”
    • Comutações: perfeitas ou imperfeitas, com ou sem “delays”, e sua probabilidade de falha em repouso
    • Configurações K de N em “standby” (K-out-of-n-plus-M)
  • Construções RBD adicionais:
    • Nós
    • Containers
    • Blocos Encapsulados (Blocos Subdiagramas)
    • Blocos Múltiplos
    • Blocos Espelho
  • Identificando a importância dos componentes, subsistemas (e/ou modos de falha) e seu impacto na Confiabilidade do sistema global
  • Funções de Custo / Exeqüibilidade
  • Determinando a Confiabilidade em componentes para se alcançar a Confiabilidade meta para o sistema
  • Especificando a Confiabilidade de componentes para se alcanças a Confiabilidade meta para o sistema
  • Distribuições e métricas para reparo e tempos indisponíveis
  • Introdução a teoria da renovação
  • Introdução a Mantenabilidade
  • Reparos imperfeitos (fator de restauração)
  • Definições da Disponibilidade
    • Disponibilidade Instantânea (Pontual)
    • Disponibilidade Média
    • Disponibilidade Inerente
    • Disponibilidade Alcançada
    • Disponibilidade Operacional
  • Quando a “manutenção preventiva” faz sentido?
  • Quantificando estratégias de ações preventivas vs. Corretivas?
  • Determinando intervalos ótimos para MP.
  • Modelando os efeitos das ações de MP.
  • Adicionando equipes nas analises
    • Elementos probabilísticos
    • Custo das equipes
    • Analisando e quantificando os recursos e gargalos das equipes
  • Adicionando estoques de reposição nas análises
    • Elementos probabilísticos
    • Gerenciamento e custos do estoque de reposição
    • Analisando e quantificando os recursos e gargalos dos estoques de reposição
    • Provisionamento padrão “on-condition” e de emergência para estoque de reposição associados a custos e atrasos logísticos probabilísticos
  • Utilizando políticas para intervenções Corretivas, Preventivas e Inspeção
    • Ações Corretivas, “imediata” ou “Durante a Inspeção” (oculta/não oculta)
    • Inspeções baseadas na idade do sistema, componente e/ou motivada por outro evento (exemplo: devido a falha de outro componente similar ao localizado em outra parte do sistema).
    • Ações de MP baseadas na idade do sistema, componente e/ou motivada por outro evento (exemplo: devido à falha de outro componente similar localizado em outra parte do sistema)
  • Analisando métricas comuns (MTBF, MTBDE, MTBE, AX, etc.) e gráficos
  • Novas métricas adicionais para identificar oportunidades de melhoria em sistemas reparáveis:
    • RS-FCI (Índice ReliaSoft de Criticidade da Falha)
    • RS-DECI (Índice ReliaSoft de Criticidade do Evento de Parada)
  • Relatórios FRED
  • Métricas e terminologias “Throughput”
    • Sistemas “Throughput”
    • Componentes “Throughput”
  • Identificação de gargalos
  • Processando Reserva (Backlog)
  • Determinação dos custos probabilísticos associados com a operação do sistema. Exemplo de análises financeiras.
  • Introdução e familiarização com o software BlockSim
  • Aplicando todos os conceitos e princípios acima apresentados utilizando o software BlockSim
  • Trabalhos individuais utilizando exemplos apresentados passo a passo

Trabalhos em grupo, para solucionar cases reais utilizando todos os conceitos e princípios abordados durante a sessão teórica.

 

Baseado nos conceitos apresentados anteriormente, este dia estará voltado a teoria e aplicação prática da Confiabilidade em Sistemas. Os tópicos cobertos no 5º dia irão incluir:

 

  • Confiabilidade de Sistemas
  • Visão Geral da Confiabilidade em Sistemas
  • Diagramas de Blocos para Confiabilidade (Sistemas em Série, Paralelo e Complexos)
  • Confiabilidade de “k dentre n” Sistemas
  • Redundância
  • Otimização da Confiabilidade
  • MTTF, MTTR e Determinação da Disponibilidade
  • Maximização da Disponibilidade
  • Estimação da Vida Útil e de Períodos de Garantia
  • Determinação de Programas de Manutenção e reparos em Sistemas Complexos
  • Reposição Ótima para Componentes de Sistemas
  • Minimização de Custos
  • Métodos de Simulação
  • Análises de dados e aplicações práticas da teoria utilizando o BlockSim da ReliaSoft

Conheça as empresas que contam com a Engenharia da Confiabilidade para garantir a otimização de sua operação e de seus resultados.

AES Brasil
AEL
AGCO
ALUMAR- Alumínio do Maranhão
ALUNORTE
ALCOA Alumínio SA
Alstom
Amanco
AmBev
Anglo American
Anglo Ferrous
AngloGold Ashanti
ArcelorMittal
Atlas Copco Brasil
Avibrás
BASF
BP
Braskem
Bunge
Cargill
CBA – Cia Brasileira de Alumínio
Cemig
Centro Tecnológico da Marinha em SP
Chesf
Chevron
Cimento Itambé
Continental
Copel
CPN
CPTM
CSN
Delphi
Denso do Brasil
Diebold Procomp
Dow Química
Duratex
EDP
Electrolux do Brasil S. A.
Eletrobras
ELETRONORTE
Eldorado Brasil
EMBRACO
EMBRAER
Engemix
FIAT Automóveis
Ford do Brasil
Furnas Centrais Elétricas
Greenbrier Maxion
Grupo Petrópolis
Hydro
ILA
INDT – Nokia
John Deere
KOC – Kuwait Oil Company
Mahle Metal Leve S. A.
Metrô de São Paulo
Mercedes-Benz do Brasil
Millenium do Brasil
MMX
Monsanto
MRN
MRS Logística
MWM International
Navistar International
Nestlé
Nexa Resources
Novo Nordisk
Petrobras
Petronas
Positivo Informática
Progen
Queiroz Galvão
Rhodia
Robert Bosch
Sadia
Scania
Schaeffler
Subsea 7
Suncoke Energ
Suzano
TAAG Linhas Aérea
TBG
Tetra Pack
ThyssenKrupp
Tupy
TV Globo
Vale
Via Quatro
Volkswagen do Brasil
Votorantim
Volvo
Whirlpool
ZF do Brasil

Oferecemos a confiança que a sua empresa precisa para tomar a decisão certa.

A Compass é pioneira na aplicação da Engenharia da Confiabilidade na América do Sul, oferecendo uma solução completa em confiabilidade com a venda de softwares, treinamentos, consultorias e sistemas para soluções empresariais.

Iniciamos nossa história em 1998, com o nome de ReliaSoft Brasil, em parceria com a ReliaSoft Corporation, para venda exclusiva de softwares especialistas na América do Sul e Portugal. Nestes 20 anos, capacitamos milhares de profissionais em nossa região, realizamos centenas de projetos com ótimos resultados e lançamos o primeiro evento exclusivo de Engenharia de Confiabilidade, participando também ativamente das discussões sobre este assunto em diversos países mundo afora.

Em 2018, com o lançamento da nova marca, começamos uma nova jornada. Continuamos representando exclusivamente na América do Sul os softwares ReliaSoft – atualmente, parte do portfólio da HBM Prenscia – e expandimos nossa atuação mundialmente com a venda do Orion eAPI, com o programa Rede Consultor, além de novas parcerias.

Comemoramos 20 anos, fazendo o que mais sabemos fazer: implementar a Engenharia da Confiabilidade e disseminar seus benefícios, apoiando empresas a obterem ganhos expressivos nas áreas de manutenção, processos, gestão de ativos e desenvolvimento de produtos.

Confira nossa linha do tempo

Timeline

1998

Softwares de confiabilidade ReliaSoft

2000

Treinamentos nas metodologias relacionadas a confiabilidade

2003

Primeira edição do Simpósio Internacional de Confiabilidade é realizada no Brasil

2004

Lançamento do programa de certificação CRP – Certified Reliability Professional

2006

Início da atuação no segmento de consultorias

2008

Início do desenvolvimento do sistema de gestão de ativos

2009

Lançamento do sistema empresarial para gestão de ativos Orion eAPI

2009

Primeiro cliente Orion eAPI – Kuwait Oil Company

2012

Inicio da atuação em sistema de gestão de ativos, de acordo com o guia PAS 55

2012

Participação no comitê de gestão de ativos na associação brasileira de manutenção e gestão de ativos (ABRAMAN)

2012

Programa de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do Setor de Energia Elétrica da ANEEL

2013

Participação na comissão especial de estudos de gestão de ativos – ABNT CEE 251 para discussão sobre nova norma ISO 55001

2015

Lançamento do programa de certificação Rede Consultor (modalidade presencial)

2016

Expansão do programa de certificação Rede Consultor (modalidade EAD)

2016

Projeto de pesquisa e desenvolvimento no programa PIPE da FAPESP

2018

Início da expansão mundial com a criação da marca Compass

A confiabilidade é bastante flexível e pode ser aplicada em diversas áreas da engenharia e diferentes segmentos da indústria

A Engenharia da Confiabilidade é uma metodologia científica aplicada para conhecer o comportamento de vida de produtos, equipamentos e sistemas de forma a assegurar que estes executem sua função, sem falhar, por um período de tempo e em uma condição de uso específica. Apesar da confiabilidade ser um parâmetro calculado por uma metodologia estatística e matemática, sua aplicação em produtos e equipamentos tem impacto direto no risco e rentabilidade financeira das organizações.

A Compass entende as diferenças do setor de atuação de seus clientes, por isso direciona seus produtos para melhor atendê-los dentro das suas necessidades nas áreas de manutenção, processos e desenvolvimento de produto. Veja alguns exemplos de aplicação prática por segmento.

EM BREVE

Domine a confiabilidade do projeto ao produto final

As empresas precisam controlar a qualidade e confiabilidade de seus produtos nas diversas fases de seu ciclo de vida, para conseguir determinar períodos de garantia ou prever quando o produto estará com maturidade ideal para sua liberação para o mercado, evitando altos custos em garantia e possíveis ações de recall. Por isso, é importante analisar seu desempenho ainda na fase de desenvolvimento por meio de ensaios acelerados, monitoramento do crescimento da confiabilidade e realização de experimentos para entender o comportamento do produto.

Sistemas de Gestão Indicados
Softwares Especialistas Indicados
Metodologias Indicadas
  • Análise de Dados de Vida
  • Confiabilidade de Sistemas
  • Ensaios Acelerados de Vida
  • Crescimento da Confiabilidade
  • Confiabilidade para Projetos – DFR
  • Análise FMEA/FMECA
  • Delineamento de Experimentos – DOE
  • Gestão de Falhas – Metodologias FRACAS e RCA
  • Análise do Custo do Ciclo de Vida – LCC
  • Análise de Risco e Simulação Estatística
Benefícios da Confiabilidade para Desenvolvimento de Produto
  • Determinação da confiabilidade ainda na fase de conceituação
  • Priorizar os itens críticos para testes de confiabilidade
  • Aplicação da sistemática de Design for Reliability de maneira sistemática – redução de até 30% nos custos de garantia e melhoria da qualidade da marca
  • Definir a relação entre confiabilidade vs. condições operacionais e ambientais
  • Executar Ensaios de Confiabilidade Acelerados – redução de até 60% na duração do tempo de testes e aumento em 90% na correlação entre o teste de bancada e a utilização em campo*
  • Definir os fornecedores que atendam aos requisitos de confiabilidade – redução de 70% das falhas prematuras
  • Monitorar o crescimento da confiabilidade e determinar o ponto de maturidade ideal – liberação para produção
  • Evitar Recall

Fonte: Resultados baseados em projetos já realizados pela ReliaSoft. Esses valores podem variar de acordo com a situação atual da empresa

Confiabilidade – A gestão de seus ativos em foco.

Com a aplicação da Engenharia da Confiabilidade nas áreas de manutenção e processos é possível analisar e monitorar a confiabilidade, mantenabilidade e disponibilidade de sistemas, para otimizar as manutenções preventivas, preditivas, intervalos de inspeções e estoques de reposição, alinhando esses resultados à uma análise de custos (Lyfe Cycle Cost – LCC).

Sistemas de Gestão Indicados
Softwares Especialistas Indicados
Metodologias Indicadas
  • Análise de Dados de Vida
  • Confiabilidade de Sistemas – Análise RAM
  • Gestão de Ativos Suportada pela Engenharia da Confiabilidade
  • Manutenção Centrada na Confiabilidade – RCM
  • Análise FMEA/FMECA
  • Gestão de Falhas – Metodologias FRACAS e RCA
  • Análise do Custo do Ciclo de Vida – LCC
  • Análise de Risco e Simulação Estatística
  • Crescimento da Confiabilidade
Benefícios da Confiabilidade para Gestão de Ativos, Manutenção e Processo
  • Planejamento consistente para engenharia de manutenção com confiabilidade – redução de até 75% na quantidade de planos de manutenção
  • Definir as políticas de manutenção – redução de até 20% nos custos anuais de manutenção
  • Determinar com precisão os estoques de peças sobressalentes – redução de até 30% nos custos anuais
  • Otimizar e treinar a equipe de engenharia para reduzir o tempo de paradas, falhas de equipamentos e custo global
  • Simulação de cenários otimizados
  • Devido a implementação da engenharia da confiabilidade na gestão de ativos, a empresa ganhará maior confiança, com isso é possível renegociar o valor do prêmio do seguro – até 20% de redução no valor anual
  • Estudo e planejamento em projetos de novas plantas (Projetos Greenfield)

Fonte: Resultados baseados em projetos já realizados pela Compass. Esses valores podem variar de acordo com a situação atual da empresa

Consultoria para conhecer a confiabilidade de seu projeto, processo ou produto e apoiar a tomada de decisões.

Se sua empresa tem a necessidade de analisar a confiabilidade a partir de um escopo definido, porém não tem tempo ou equipe preparada para realizar essa atividade, a equipe de engenheiros da Compass será a solução.

Nossa consultoria será com base em uma ou mais das metodologias descritas a seguir:

Consultoria de Análise RAM (Reliability, Availability and Maintainability)

Para modelagem, análise e simulação da confiabilidade, mantenabilidade, disponibilidade e produtividade de plantas de processo, produtos ou sistemas, em diversos cenários de interesse.

Entregas

• Modelo RBD que representa a lógica de confiabilidade, mantenabilidade, disponibilidade e produtividade dos ativos do escopo do projeto.
• Simulação do sistema apresentando os seguintes resultados (sistema e seus ativos):
>>> Confiabilidade, mantenabilidade e disponibilidade futura
>>> Previsão de capacidade produtiva
>>> Número esperado de falhas, tempos de reparo e tempos de operação
>>> Previsão de custos de manutenção
>>> Equipamentos mais críticos (bad actors)
>>> Análise do fluxo de produção (throughput)
>>> Simulação de cenários de melhoria
• Análise RAM entregue no software de análise BlockSim.
• Simulação para cenários de melhorias.

Benefícios

• Determinação da confiabilidade e disponibilidade futura do sistema.
• Ajustes dos estoques de itens sobressalentes.
• Redução de custos de OPEX e CAPEX.
• Aumento da disponibilidade e capacidade produtiva.

Consultoria de Análise RCM (Reliability Centered Maintenance)

Para desenvolver uma estratégia de manutenção otimizada que garantirá o melhor desempenho, com o menor custo dentro de um risco aceitável.

Entregas

• Procedimentos e planos revisados e otimizados.
• Hierarquização revisada.
• Classificação dos modos de falha e seus impactos financeiros, operacionais e na segurança.
• Plano de manutenção analítico, em formato de planilha eletrônica para carga no CMMS, contendo todas as informações necessárias para a estratégia de manutenção.
• Análise RCM entregue no software de análise RCM++.
• Relatório técnico final contemplando a metodologia utilizada no projeto, pontos críticos identificados e conclusões.

Benefícios

• Otimização dos planos de manutenção.
• Redução da quantidade total de planos de manutenção.
• Redução média de 50% das atividades de manutenção baseadas em tempo.
• Aumento médio de 30% das atividades de manutenção com base na condição.
• Redução média de 20% dos custos anuais de manutenção.

Consultoria de Análise Sobressalentes (Spare Part Forecast)

Para determinar ou ajustar os níveis ótimos de itens sobressalentes necessários para a operação continuada e segura do seu processo, evitando a falta ou excesso de materiais.

Entregas

• Lista de sobressalentes otimizada, para cada item analisado, incluindo a quantidade máxima e mínima e as respectivas probabilidade de sucesso.
• Lista, em planilha eletrônica, preparada para carga no sistema de suprimentos.
• Relatório técnico final contemplando a metodologia utilizada no projeto, pontos críticos identificados e conclusões.

Benefícios

• Aumento da disponibilidade do sistema pela definição precisa da quantidade certa, no local certo e no momento certo.
• Redução potencial de até 50% do estoque atual de itens sobressalente.
• Resultados financeiros a curto prazo.

Consultoria de Análise LCC (Life Cicle Cost Analysis)

A análise de custo do ciclo de vida (LCC) é um processo de avaliação econômica do custo total de um ativo. É uma metodologia para determinar o momento ideal para realizar a substituição, overhaul, ou descomissionamento dos ativos. Utilizada também para os programas de investimento de capital.

Entregas

• Plano de vida do ativo.
• Determinação da vida econômica do ativo.
• Relatório descritivo com detalhamento teórico e as métricas utilizadas nas análises.

Benefícios

• Aumento da disponibilidade e redução dos custos de manutenção pela determinação precisa da vida econômica do ativo.
• Redução do lucro cessante pela definição correta da vida econômica do ativo.

Consultoria na Gestão de Análise de Falhas

Para garantir um processo eficaz de registro, análise de falhas e implementação de ações corretivas e preventivas. O processo de gestão de falhas é uma atividade padrão nas empresas, mas muitas vezes esse processo não elimina a causa raiz da falha, gerando a recorrência dos eventos que provocam parada do sistema.

Entregas

• Relatório apontando os gaps encontrados no atual processo de gestão de falhas.
• Procedimento de gestão de falhas otimizado.
• Implementação do novo processo de gestão de falhas.

Benefícios

• Redução da recorrência de falhas.
• Redução da quantidade de ocorrências não previstas.
• Aumento da disponibilidade e produtividade do sistema.
• Promoção da melhoria contínua.

Diagnóstico para avaliar o programa de confiabilidade de sua empresa ou sua estratégia de gestão de ativos.

Diagnóstico de Confiabilidade

O Gap Assessment da Compass tem como objetivo avaliar as atuais práticas da sua empresa relacionadas à Confiabilidade, identificar os pontos fortes e apontar os potenciais de melhoria.

Entregas

• Relatório técnico final apresentando todos os resultados, conclusões e recomendações.
• Gráfico Radar apresentando a maturidade da confiabilidade da empresa.
• Reliability Program Plan (RPP): programa para implementação da Engenharia da Confiabilidade de maneira sistêmica.

Benefícios

• Programa de Confiabilidade customizado de acordo com a suas necessidades e realidade do seu negócio.

Diagnóstico de Gestão de Ativos

Diagnóstico para avaliar o sistema de gestão de ativos da sua empresa e a correspondência com os requisitos da norma internacional ISO 55001, o guia de requisitos PAS 55 e o Asset Management Landscape (GFMAM, ISBN978-0-9871799-2-0).

Entregas

• Relatório técnico final apresentando todos os resultados, conclusões e recomendações.
• Gráfico Radar apresentando a maturidade atual do sistema de gestão de ativos.
• SAMP (Strategic Asset Management): estratégia para implementação de um sistema de gestão de ativos, seguindo os requisitos da ISO 55001, da PAS 55 e do GFMAM.

Benefícios

• Alinhamento entre a estratégia da empresa e a estratégia da gestão dos ativos.
• Obter uma estratégia de gestão de ativos (SAMP) customizado de acordo com a suas necessidades e realidade do seu negócio.

Consultoria para implementar um programa de confiabilidade na sua empresa.

Vamos apoiar sua empresa a desenvolver um programa de confiabilidade customizado de acordo com suas necessidades. O processo de implementação abrange as seguintes fases:

  • Palestra gerencial para diretores e gerentes
  • Capacitação nos conceitos e aplicações
  • Aquisição e capacitação de ferramentas de análise
  • Implementação e acompanhamento das primeiras aplicações práticas

Entregas

A Compass fará a transferência de know-how e fornecerá todo o apoio técnico para que a própria equipe da Contratante desenvolva e conclua seus projetos e análises.

Nota: A implementação trata-se de um modelo de assessoria técnica, o qual a Compass não será responsável por realizar as análises, ou emitir relatórios.

Benefícios

  • Ganhos financeiros gerados pelas primeiras aplicações práticas
  • Equipe capacitada para multiplicar o conhecimento adquirido

Consultorias Compass. Confiança nas decisões.

Conhecer a confiabilidade de produtos, equipamentos e processos é o caminho mais eficaz para alcançar os objetivos empresariais e obter a eficiência operacional, porém muitas organizações não têm tempo ou equipe preparada para realizar as atividades de confiabilidade, para isso a Compass oferece diferentes formatos de consultoria, de acordo com suas necessidades.

A consultoria da Compass permite que você:

Desenvolva na sua empresa um Programa de Confiabilidade

Toda empresa pode ter acesso aos benefícios de um programa de confiabilidade e a Compass pode customizá-lo de acordo com suas necessidades.

Tenha maior domínio de seus custos de operação e manutenção por meio de uma gestão de ativos de excelência

A Compass otimizará seus custos de operação e manutenção, com a adequação dos planos de manutenção, ajuste dos estoques de peças sobressalentes e simulação de cenários de melhorias, assegurando a confiabilidade, disponibilidade e produtividade de seus ativos, para atingir a eficiência operacional.

Tenha domínio do ciclo de vida de seus produtos

A Compass ajudará a determinar a confiabilidade de seu produto com a aplicação da sistemática da confiabilidade para projetos (Design for Reliability – DFR), abordando as metodologias e ferramentas que deverão ser utilizadas em todas as fases do desenvolvimento de novos produtos, desde sua conceituação até a utilização do produto pelo cliente.

Conteúdo Programático do Curso

Veja abaixo detalhamento

  • Introdução ao DFR
  • Conceitos matemáticos básicos aplicados em Confiabilidade
    • Conceitos básicos de probabilidade e Distribuições de Probabilidade
    • Princípios de Análise de Dados de Vida
    • Explicação de Intervalos de Confiança
    • Conceitos básicos de Confiabilidade de Sistemas
  • Definição dos objetivos/metas de confiabilidade
    • Definição dos Requisitos/Metas de confiabilidade para o sistema
    • Alocação dos Requisitos/Metas de Confiabilidade
    • Compreensão e quantificação das condições de uso/condições ambientais do usuário final.
  • Identificação dos itens «críticos para a confiabilidade»
    • Identificação dos principais riscos para a confiabilidade
    • Definição do desempenho de confiabilidade (medida ou prevista)
    • Realização de análises funcionais nos itens críticos
  • Análise e Avaliação da Confiabilidade
    • Utilização de FMEA’s nos itens críticos
    • Visão Geral de Revisão de Projeto baseada nos modos de falha (DRBFM)
    • Utilização da Física da falha para Predições de Confiabilidade e Modelagem de   Sistemas
    • Definição de um plano de melhoria da confiabilidade
  • Quantificação e otimização da Confiabilidade
    • Delineamento de Experimentos (DOE)
    • Planejamento de Testes
    • HALT/HASS (ALT Qualitativo)
    • Análise de Causa Raiz
    • Revisão de Projeto baseada em resultados de testes (DRBTR)
    • Análise de Dados de Vida
    • Ensaios Acelerados de Vida (ALT Quantitativo)
    • Análise da Confiabilidade de Sistemas e Modelagem (RBD, FTA)
    • Crescimento da Confiabilidade
    • Confiabilidade de Fornecedores
  • Validação da Confiabilidade
    • Planejamento de Teste para demonstração da confiabilidade
    • Predições da confiabilidade em campo (Predições de Garantia)
    • Desempenho de Confiabilidade Alcançado
    • Produção Alcançada e/ou Plano de Controle de Suprimento
  • Monitoramento e controle da confiabilidade
    • Auditoria de Fábrica (QA Confiabilidade)
    • Previsão de Garantia e Análises
    • FRACAS
    • Comunicação, Atualização e Gestão do Conhecimento

Conteúdo Programático do Curso

O treinamento inicia com os indicadores qualitativos da Engenharia da Confiabilidade, e em seguida, serão apresentados os indicadores quantitativos. Todos gerados pelas seguintes metodologias:

  • Análise dos Modos e Efeitos de Falha (Failure Mode and Effects Analysis)
  • Manutenção Centrada em Confiabilidade (Reliability Centered Maintenance)
  • Análise de Causa Raiz (Root Cause Failure Analysis)
  • Análise, Registro e Gestão da Falha (Failure Reporting Analysis Corrective Action System)
  • Análise de Dados de Vida (Life Data Analysis)
  • Análise de Dados de Vida Acelerada (Quantitative Acelerated Life Testing)
  • Análise de Dados Recorrentes (Recurrent Data Analysis)
  • Análise de Confiabilidade de Sistemas (System Reliability Analysis)
  • Análise de Árvore de Falhas (Fault Tree Analysis)
  • Análise do Crescimento da Confiabilidade (Reliability Growth Analysis)
  • Análise do Custo do Ciclo de Vida (Life Cycle Cost Analysis)
  • Delineamento de Experimentos (Design of Experiments)
  • Confiabilidade (Reliability)
  • Confiabilidade Condicional (Conditional Reliability)
  • Probabilidade de Falha (Failure Probability)
  • Probabilidade Condicional de Falha (Failure Conditional Probability)
  • Taxa de Falha (Failure Rate)
  • Mantenabilidade (Maintainability)
  • Disponibilidade (Availability)
  • Taxa de Reparo (Repair Rate)
  • MTTF
  • MTBF
  • MTTR
  • Tempo Ótimo de Reposição (Replacement Optimum Time)
  • Criticidade
  • Risco

Veja abaixo a opinião de quem realizou este curso.

Alexandre S. Souza Anglo American

“O treinamento superou minhas expectativas por abordar bastante assuntos de confiabilidade. Inicialmente estava prevendo um curso voltado apenas para conceitos de matemática financeira, mas o curso abordou a matemática financeira aplicada na confiabilidade.”

Reysser Basílio Arantes Anglo American

“O treinamento superou minhas expectativas no sentido de se tratar de temas novos para o meu dia a dia, os quais durante o evento pude perceber várias aplicações.”

Regis Alberto Koeche Perto

“Treinamento voltado a realidade da empresa, pois nossos clientes estão focados no custo de seu ativo durante sua vida operacional.”

Claudiney Inácio Magnesita Refratários

“Este treinamento correspondeu a minha expectativa em relação ao tema abordado, foi exatamente o que esperava, irá me ajudar na tomada de decisão e argumentos para aprovar projetos junto à direção da empresa.”

Fabiano Monteiro Magnesita Refratários

“Correspondeu as minhas expectativas, pois conhecia pouco sobre os temas abordados e descobri que existem várias ferramentas que podem ser empregados em minha rotina de controle de manutenção.”

Conteúdo Programático do Curso

Veja abaixo detalhamento

  • A Life Cycle Cost Analysis – LCCA
    • Definição e Conceitos
    • Normas e Procedimentos
    • Fundamentos da LCC
  • A Nomenclatura: Ativo Físico
    • A Característica dos Ativos
    • A Vida dos Ativos
    • A Gestão dos Ativos
    • O Custo dos Ativos
      • Custos Indiretos
      • Custos Diretos
  • Conceitos de Matemática Financeira
    • Fluxo de Caixa
    • Valor Presente
    • Valor Futuro
    • Taxa de Juros
    • Amortização
    • PayBack
  • Exercícios Teórico-Práticos
  • Análise de Dados de Vida
    • Dados de Confiabilidade
    • Distribuições de Confiabilidade
    • Resultados de Confiabilidade
  • Análise de Confiabilidade de Sistemas
    • Configurações RBD
    • Simulação RBD
    • Análise RAM
  • Análise de Dados Recorrentes
    • Sistemas Reparáveis
    • Frotas
  • Exercícios Práticos
  • Exercício 1: Vida Econômica do Ativo
  • Exercício 2: Determinação do Overhaul
  • Exercício 3: Análise de Alternativas de Investimento
  • Exercício 4: Retorno do Investimento
  • Exercício 5: Tomada de Decisão
  • Exercício 6: Estudo de Caso

Veja abaixo a opinião de quem realizou este curso.

Alcides Nicolau Petrobras

“Durante o treinamento identifiquei diversas oportunidades de incluir nas nossas rotinas, novas práticas de gestão, com pouco investimento, que certamente contribuirão para melhorar os resultados dos nossos ativos.”

Gerson de Oliveira

“O treinamento é bem dinâmico, mostrando o conteúdo de maneira eficaz, dando exemplos práticos, de maneira que o participante tem total condições de implementar as ações em sua organização.”

Luciano Fernandes Metrô SP

“O assunto é de aplicação direta e essencial na empresa, para prover uma gestão atualizada conforme as técnicas mais relevantes para a gestão de ativos.”

Renan Nehemy Alcoa

“Instrutores dominam o conhecimento e possuem grande capacidade de ensinar e motivar os participantes.”

Carlos Adriano Metrô

“Treinamento altamente qualificado, totalmente focado no tema e extrapola para a parte comportamental / fator humano, sendo um ponto fundamental para qualquer ação empresarial de sucesso.”

Gerson Carniato Mercedes Benz do Brasil

“Excelente treinamento, ótima didática do instrutor. Recomendo.”

Eduardo Bandeira Mercedes Benz do Brasil

“Ótimo conteúdo.”

Conteúdo Programático do Curso

Este treinamento apresenta os detalhes do processo de gestão de ativos, seguindo os requisitos da norma ISO 55001 (e alguns requisitos da PAS 55), suportado pelas metodologias da engenharia da confiabilidade.

  • Nós estamos extraindo o maior valor dos nossos ativos?
  • Quais são os principais desafios na Gestão de Ativos?
  • Visão Estratégica ASSET 55
  • Cenário Atual na Operação e Manutenção
  • O que é Confiabilidade?
  • O que a Engenharia da Confiabilidade agrega no cenário atual?
  • Benefícios da Gestão de Ativos Suportada pela Confiabilidade
  • Visão Geral da PAS 55
  • O que é Gestão de Ativos?
  • O que é um Sistema de Gestão de Ativos?
  • Visão Geral da NBR ISO 55000
  • Benefícios de um Sistema de Gestão de Ativos
  • Modelo ASSET 55
  • Contexto Gestão de Ativos (Item 4 – ISO 55001)
  • Liderança (Item 5 – ISO 55001)
  • Planejamento (Item 6 – ISO 55001)
  • Apoio (Item 7 – ISO 55001)
  • Operação (Item 8 – ISO 55001)
  • Avaliação do Desempenho (Item 9 – ISO 55001)
  • Melhoria (Item 10 – ISO 55001)
  • Alinhamento dos conceitos de Engenharia da Confiabilidade para a Gestão de Ativos
  • Demonstração de como as ferramentas da Engenharia da Confiabilidade respondem de forma precisa as seguintes questões para a gestão de ativos:
    • Como maximizar a disponibilidade dos equipamentos?
    • Como reduzir o custo total com manutenção de forma sustentável, com os riscos controlados?
    • Como aumentar a eficiência operacional?
    • Como estabelecer e implementar a melhor estratégia e políticas de manutenção?
    • Como garantir uma gestão eficiente de sobressalentes e materiais para os ativos críticos?
    • Como identificar gargalos, ativos críticos, analisar cenários, redundâncias e políticas de manutenção utilizando modelagens e simulações?
    • Estabelecer a vida econômica dos ativos, estabelecendo critérios de substituição ou renovação, quando necessário?
    • Como estruturar e implementar um processo eficaz de registro e análise de falhas, ações corretivas, preventivas e melhoria contínua?
  • 10 Etapas para Implementação
  • Quais são os principais obstáculos para Implementar uma Gestão de Ativos ótima e Sustentável?
  • Visão Geral da Aprendizagem Organizacional
  • O Papel da Aprendizagem Organizacional na Gestão de Ativos
  • O curso permite com que o participante apreenda os conceitos abordados através de dinâmicas de grupo e realização de estudo de casos práticos
  • Nos assuntos relacionados com a engenharia da confiabilidade aplicada na gestão de ativos os participantes executarão exercícios e estudos de caso utilizando ferramentas de análise e o sistema de gestão de ativos Orion eAPI.

Conteúdo Programático do Curso

Veja abaixo detalhamento

  • Teoria e Princípios Abordados
    • Conceitos Básicos de Estatística e Probabilidade
    • Tipos de Análises
    • Conceitos Básicos de Análise de Decisão
    • História da Simulação
    • Entendendo a Simulação
    • Conceitos Básicos de Risco
    • Árvore de Eventos
    • Árvore de Decisão
    • Modelos Gerais
    • Introdução ao Reno
    • Analisando os Gráficos de Confiabilidade
  • Definição dos Objetivos
  • Construção dos Objetivos
  • Construção de Modelos
    • Aplicações de Decisões Quantitativas e Análise de Risco
  • Conceitos e Projetos Probabilísticos
  • Decisões de Otimização sob incerteza
  • Confiabilidade e Prontidão Operacional
  • Aplicações de Análise Avançada de Confiabilidade de Sistemas
  • Aplicações de Engenharia de Manutenção
  • Aplicações Financeiras
  • Aplicações do Custo do Ciclo de Vida
  • Análise de Investimento
    • Diversos Exemplos de Aplicação utilizando o RENO
    • Apresentação e Aplicação do Software RENO da ReliaSoft

Veja abaixo a opinião de quem realizou este curso.

Gustavo Borges Vitorino Kraton

“O conhecimento fornecido nessa treinamento permite refinar a estratégia de gestão de ativos da empresa. Construindo os modelos matemáticos mencionados, podemos tomar decisões lógicas de manutenção e entregar o máximo de valor para nossas empresas.”

Wilson Dantas Vale

“Excelente, recomendo a todos os engenheiros de manutenção e de projetos.”

Bruno Lemos MRN

“O instrutor também apontou várias oportunidades de melhoria na área de manutenção (boas práticas). Isto enriqueceu ainda mais o treinamento.”

Paulo Roberto Santos MRN

“O treinamento foi além das minhas expectativas. Excelente.”

Leonardo Queiroga Vale

“O curso é de suma importância para os profissionais da organização, principalmente para aqueles que trabalham na área de manutenção, pois com o domínio desta ferramenta, com certeza este profissional vai adquirir um bom senso na confiabilidade da área que atua, garantindo a sustentabilidade do negócio.”

Euclides Ribeiro Marinha

“Excelente curso.”

Solange Aparecida da Silva Vale

“Essa ferramenta será importante para o meu dia-a-dia nas atividades da engenharia, nos estudos para propostas de melhorias e otimização dos processos. Também será importante para meu desenvolvimento profissional.”

Kissinger Salomão Vale

“Curso inovador e voltado para aplicações rápidas e práticas na manutenção.”

Daniel Silva Alcoa

“Como depoimento devo declarar que todas as expectativas foram alcançadas e que a empresa tem muitos profissionais extremamente competentes.”

João Luiz de Jesus Alcoa

“O curso aborda de maneira prática e objetiva um tema interessante e inovador.”

Eduardo Zucato Alcoa

“Será de grande utilidade para nosso trabalho, vem de encontro com o trabalho que estamos desenvolvendo dentro da Alcoa Alumínio.”

Théo Bicalho Hydro

“Fiquei bastante satisfeito. Fui matriculado por decisão da empresa e não tinha até então contato a nível profissional com engenharia de confiabilidade. Os conceitos foram muito bem explanados e os softwares chamam a atenção pelo uso amigável (Weibull++ e BlockSim). Saliento por fim a segurança e abertura do instrutor, muito solícito e paciente com todos.”

Roney Martins Vale

“O treinamento consegue abordar disciplinas de engenharia e estatística de maneira integrada, sem ser cansativo, pois utiliza de exemplos práticos que trazem dinamismo e fixação dos conhecimentos repassados.”

Edison G. Magalhães Jr. Vale

“Esse treinamento deveria ser obrigatório para todas as pessoas do meio técnico e gestão no segmento de manutenção.”

Glaucio Breder Soares PetroRio

“Os treinamentos, os quais participei, atenderam as minhas expectativas e vão de encontro com os objetivos da empresa onde trabalho. Acima de tudo descobri um novo modo de enxergar a Engenharia de Confiabilidade.”

Conteúdo Programático do Curso

Esse treinamento traz a análise de confiabilidade e disponibilidade de sistemas reparáveis e não reparáveis. O curso continua no contexto da Engenharia da Confiabilidade quantitativa e oferece aos participantes a conceituação teórica e prática da modelagem estatística de sistemas complexos ou não com o apoio do software BlockSim da ReliaSoft.

  • Introdução e Visão Geral
    • Definindo um sistema
    • Visualizando um sistema como uma coleção de componentes e/ou modos de falha.
  • Construção de RDBs Elementares e suas Quantificações Analíticas
    • Utilizando RBDs para representar o modelo de Confiabilidade de um sistema.
    • Configurações Série
    • Configurações Paralelas Simples
    • Configurações K de n (K-out-of-n).
    • Configurações Complexas
      • Teorema do Método de Bayes
      • Configurações Complexas para Modos de Falha, Redes e Sistemas Mecânicos
  • Introdução a Dependência do Tempo
    • Inclusão de Componentes “usados” na modelagem
    • Métricas para Modelagem de Sistemas:
      • Obtendo a pdf de um sistema
      • Derivando as funções de interesse:
        • Função Taxa de Falha
        • MTTF do sistema
        • Etc,
  • Construções Avançadas e suas Quantificações Analíticas
    • Modelando blocos independentes:
      • Combinando distribuições de falha com relações de vida-estressamento (carregamentos) para descrever defeitos dependentes
      • Configurações “load sharing” Básicos
      • Configurações K de N (K-out-of-N) em “load sharing”
    • Modelando redundâncias “standby”
      • Distribuições de falha de itens em “operação” e itens “em repouso”
      • Definições “standby”, “Hot”, “Warm” e “Cold”
      • Comutações: perfeitas ou imperfeitas, com ou sem “delays”, e sua probabilidade de falha em repouso
      • Configurações K de N em “standby” (K-out-of-n-plus-M)
      • Construções RBD adicionais:
      • Nós
      • Containers
      • Blocos Encapsulados (Blocos Subdiagramas)
      • Blocos Múltiplos
      • Blocos Espelho
  • Identificando Oportunidades
    • Identificando a importância dos componentes, subsistemas (e/ou modos de falha) e seu impacto na Confiabilidade do sistema global
  • Alocações Otimizadas da Confiabilidade
    • Funções de Custo / Exeqüibilidade
    • Determinando a Confiabilidade em componentes para se alcançar a Confiabilidade meta para o sistema
    • Especificando a Confiabilidade de componentes para se alcanças a Confiabilidade meta para o sistema
  • Introdução a Simulações
  • Introdução a Análises de Sistemas Reparáveis: Fundamentos da Mantenabilidade e Disponibilidade
    • Distribuições e métricas para reparo e tempos indisponíveis
    • Introdução a teoria da renovação
    • Introdução a Mantenabilidade
    • Reparos imperfeitos (fator de restauração)
    • Definições da Disponibilidade
      • Disponibilidade Instantânea (Pontual)
      • Disponibilidade Média
      • Disponibilidade Inerente
      • Disponibilidade Alcançada
      • Disponibilidade Operacional
  • Introdução aos Princípios de Manutenção Preventiva (MP)
    • Quando a “manutenção preventiva” faz sentido?
    • Quantificando estratégias de ações preventivas vs. Corretivas?
    • Determinando intervalos ótimos para MP.
    • Modelando os efeitos das ações de MP.
  • Simulações Avançadas: Utilizando Políticas de Estoques e de Recursos
    • Adicionando equipes nas analises
      • Elementos probabilísticos
      • Custo das equipes
      • Analisando e quantificando os recursos e gargalos das equipes
    • Adicionando estoques de reposição nas análises
      • Elementos probabilísticos
      • Gerenciamento e custos do estoque de reposição
      • Analisando e quantificando os recursos e gargalos dos estoques de reposição
      • Provisionamento padrão “on-condition” e de emergência para estoque de reposição associados a custos e atrasos logísticos probabilísticos
    • Utilizando políticas para intervenções Corretivas, Preventivas e Inspeção
      • Ações Corretivas, “imediata” ou “Durante a Inspeção” (oculta/não oculta)
      • Inspeções baseadas na idade do sistema, componente e/ou motivada por outro evento (exemplo: devido a falha de outro componente similar ao localizado em outra parte do sistema).
      • Ações de MP baseadas na idade do sistema, componente e/ou motivada por outro evento (exemplo: devido à falha de outro componente similar localizado em outra parte do sistema)
  • Analisando e Melhorando a Confiabilidade de Sistemas
    • Analisando métricas comuns (MTBF, MTBDE, MTBE, AX, etc.) e gráficos
    • Novas métricas adicionais para identificar oportunidades de melhoria em sistemas reparáveis:
      • RS-FCI (Índice ReliaSoft de Criticidade da Falha)
      • RS-DECI (Índice ReliaSoft de Criticidade do Evento de Parada)
    • Relatórios FRED
  • Análises de «Throughput»
    • Métricas e terminologias “Throughput”
      • Sistemas “Throughput”
      • Componentes “Throughput”
    • Identificação de gargalos
    • Processando Reserva (Backlog)
  • Incluindo Custos nas Análises, Introdução à Análise de «Life Cycle Cost»
    • Determinação dos custos probabilísticos associados com a operação do sistema.
    • Exemplo de análises financeiras.
  • Familiarização com o Software BlockSim
    • Introdução e familiarização com o software BlockSim
    • Aplicando todos os conceitos e princípios acima apresentados utilizando o software BlockSim
  • Exercícios Individuais
    • Trabalhos individuais utilizando exemplos apresentados passo a passo
  • Estudo de Casos em Grupo
    • Trabalhos em grupo, para solucionar cases reais utilizando todos os conceitos e princípios abordados durante a sessão teórica.
    • Baseado nos conceitos apresentados anteriormente, este dia estará voltado a teoria e aplicação prática da Confiabilidade em Sistemas. Os tópicos cobertos no 5º dia irão incluir:
    • Confiabilidade de Sistemas
    • Visão Geral da Confiabilidade em Sistemas
    • Diagramas de Blocos para Confiabilidade (Sistemas em Série, Paralelo e Complexos)
    • Confiabilidade de “k dentre n” Sistemas
    • Redundância
    • Otimização da Confiabilidade
    • MTTF, MTTR e Determinação da Disponibilidade
    • Maximização da Disponibilidade
    • Estimação da Vida Útil e de Períodos de Garantia
    • Determinação de Programas de Manutenção e reparos em Sistemas Complexos
    • Reposição Ótima para Componentes de Sistemas
    • Minimização de Custos
    • Métodos de Simulação
    • Análises de dados e aplicações práticas da teoria utilizando o BlockSim da ReliaSoft

Veja abaixo a opinião de quem realizou este curso.

Jacques Vigato Elektro

“O treinamento abordou casos reais e cotidianos, o que facilita compreender sua aplicação na prática. Mostrou-se também ser uma área de grande evolução e que poderá e será utilizado pela organização no futuro.”

Edilson Macedo Mabe

“Muito útil para a empresa, surpreendeu as expectativas.”

Valter Filho Volkswagen

“Muito bom o treinamento. O conteúdo atende as expectativas com sobra!”

Cesar Augusto Gabe Marinha

“Treinamento muito bom, dado o nível de conhecimento teórico exigido.”

Leandro Ferreira Marinha

“Testes acelerados são essenciais para o estudo de confiabilidade e garantias.”

Maria da Conceição e Santo Marinha

"O evento superou minhas expectativas. Esperava encontrar um curso puramente conceitual e cansativo, porém encontrei um curso didático, empolgante, multidisciplinar e de relevante utilidade e aplicação técnica.”

Elinton Passini Mar-Girius

“A abordagem do consultor foi muito boa, pois abordou um tema difícil (complicado) de uma maneira bem simples.”

Rogério Favarini Volkswagen

“Treinamento de excelente nível técnico, essencial para profissionais da área de ensaios acelerados.”

Felipe José Lachovicz LACTEC

“O treinamento é de ótima qualidade, consultor capacitado, em resumo foi muito proveitoso.”

André Langner LACTEC

“Treinamento com dose adequada de teoria e prática. Foram passados diversos exercícios para fixação do conteúdo que ajudaram bastante no aprendizado.”

Conteúdo Programático do Curso

Este treinamento aborda a Análise de Ensaios Acelerados de Vida, oferecendo aos participantes a compreensão teórica e prática da modelagem estatística da confiabilidade para condições elevadas de estresse. O participante aprenderá a analisar corretamente os dados obtidos nos ensaios acelerados, obtendo parâmetros e informações que serão extrapoladas para as condições normais de uso dos produtos e equipamentos.  O software ALTA Pro, da ReliaSoft, será utilizado para aplicação de exercícios e cases práticos.

  • Ensaios Acelerados de Vida
    • Visão Geral dos Ensaios Acelerados
    • O que são e como aplicá-los
  • Tipos de Ensaios Acelerados
    • Carregamento Único: 01 fator de estressamento
    • Carregamentos Múltiplos: Mais de 01 fator de estressamento
    • Carregamentos Variáveis no Tempo: Variáveis de estressamento mudam com o tempo e durante o andamento do teste
  • Aplicação de Modelos de Relacionamento entre Stress e Vida e suas Análises
    • Modelo de Arrhenius
    • Modelo de Eyring
    • Modelo da Potencia Inversa
    • Modelo de Temperatura-Umidade
    • Modelo Não Térmico de Temperatura
    • Modelo Riscos Proporcionais (Proportional Hazard)
    • Modelo Riscos Não Proporcionais
    • Exposição Acumulativa / Modelo por Danos
  • Predição da Confiabilidade, Tempos de Garantia e Tempos Médios entre Falhas (MTBF)
    • Gráficos de Probabilidade
    • Gráficos de Confiabilidade
    • Gráficos de Taxas de Falhas
    • Gráfico de Funções Densidade de Probabilidade (PDF)
    • Gráfico de Vida x Stress
    • Intervalos de Segurança em Dados de Vida Acelerados
    • Planejamento de Testes
  • A aplicação de Ensaios Acelerados juntamente com a Análise de Degradação

Conteúdo Programático do Curso

Veja abaixo detalhamento

  • Estratégias para Gerenciamento da Confiabilidade no Desenvolvimento e Testes de Novos Produtos
  • Desenvolvendo Curvas de Crescimentos ideais
  • Desenvolvendo Curvas de Confiabilidade Planejadas
  • Estimando a Confiabilidade Inicial nos Testes de Crescimento
  • Estimando o Potencial de Crescimento
  • Fator de Eficácia dos Reparos no Crescimento da Confiabilidade
  • Gerenciando a Confiabilidade Utilizando a Metodologia de Modos de Falha tipo A e Tipo B
  • Postulado Duane para Crescimento da Confiabilidade
  • Seguindo o Modelo de Crescimento da Confiabilidade Crow (AMSAA)
  • Intervalos de Confiança para Crescimento da Confiabilidade
  • Testes de Aderência para Crescimento da Confiabilidade
  • Estimação do Crescimento da Confiabilidade com Dados Perdidos
  • Estimação do Crescimento da Confiabilidade com Tempos até Falha Desconhecida
  • Modelo Crow One Shot Reliability Growth
  • Modelo de Projeção Crow Reliability Growth
  • Estimação da Maturidade do Crescimento da Confiabilidade
  • Avaliação da Confiabilidade para Sistemas Reparáveis, utilizando o Modelo da Lei de Potência Crow para Sistemas Reparáveis
  • Missão da Confiabilidade para Sistemas Reparáveis, utilizando o Modelo da Lei de Potência Crow para Sistemas Reparáveis
  • Métodos de Análise de Garantia para Sistemas Reparáveis
  • Métodos de Análise para determinação do tempo de trocas/substituições e Overhall para Sistemas Reparáveis
  • Intervalos de Confiança para Sistemas Reparáveis
  • Visão geral do software RGA
  • Aplicando os Conceitos apresentados utilizando o software RGA
  • Apresentando Cases Reais utilizando o software RGA
  • Exemplos e Estudos de Casos
  • Sessão Prática de Exercícios Passo a Passo utilizando o software RGA da ReliaSoft

Conteúdo Programático do Curso

Veja abaixo detalhamento

  • Introdução e visão geral do processo FRACAS
    • História, definição e evolução do FRACAS
    • Aplicações e os benefícios do FRACAS
    • Questões organizacionais comuns
  • Metodologias de processos de resolução de problema
    • Processos com 8 etapas (8D)
    • Processos com 5 etapas (DMAIC)
    • Processos com 4 etapas (PDCA)
    • Semelhanças e vantagens entre eles
  • O processo FRACAS
    • Etapas do processo
    • Resolução de problemas
    • Relatório de falha
    • Melhores práticas
    • Fluxograma Fracas
  • Melhores práticas FRACAS
    • Customização do processo
    • Condução do processo
    • Registro e utilização
    • Implementação
    • Acompanhamento
  • Lições aprendidas FRACAS: Evitando falhas na implementação
  • FRACAS e RCA
    • Conexão entre as metodologias
  • As razões da prática RCA
    • Preocupação com a segurança
    • Melhoria da confiabilidade do produto e equipamento
    • Prevenção de acidentes e incidentes graves
    • Redução na taxa de ocorrências críticas
    • Assertividade na gestão operacional
    • Mais disponibilidade operacional
    • Menos custos OM&R
  • As metodologias RCA
    • Diagrama de Ishikawa
    • 5 Por quês – 5W
    • Análise do modos e efeitos de falha – FMEA (apenas exibição)
    • Árvore de Falha – FTA
    • Árvore de Causa
  • As definições do conceito falha
    • Falha
    • Falha funcional
    • Falha ocasional
    • Falha recorrente
    • Falha crítica
    • Falha iminente
  • Técnicas de Apoio
    • Brainstorming
    • Entrevistas
    • Gráfico Pareto
  • A matriz de responsabilidades
    • 5W1H
    • 5W2H
    • 5W3H
  • Fluxograma sugerido RCA
    • Etapas Básicas
    • Considerações
    • Acompanhamento
  • Lições aprendidas: Evitando falhas na implementação
  • Exercícios práticos
    • Uso de ferramentas ReliaSoft
  • Adendo 01: A Engenharia da Confiabilidade
    • Noções de confiabilidade quantitativa
    • Relação com o método RCA
    • Vínculo ao processo FRACAS
  • Treinamento e uso do software ReliaSoft
    • ReliaSoft XFRACAS (Plataforma Synthesis)
    • ReliaSoft BlockSim (Plataforma Synthesis)

Veja abaixo a opinião de quem realizou este curso.

Rodrigo das Neves Robert Bosch

“O treinamento nos dá uma ampla visão sobre como podemos evitar o desperdício de mão de obra e material, nos trazendo um retorno em redução de custo e aumento de disponibilidade de máquinas.”

Daniel Silva Lucio Titan

“Treinamento extremamente importante para a área de manutenção, com técnicas e metodologias alinhadas com a nova visão da manutenção brasileira, treinamento alinhado com minhas expectativas para a empresa, agregando inteligência ao processo de tomada de decisão.”

Fernando G. Casadei de B. Santana Petrobras

“O treinamento em FMEA e RCM, combinado, é de extrema valia para análise e obtenção de planos de manutenção para diversos tipos de ativos existentes.”

Tiago Guerta AES

“Ótimo treinamento! Será muito útil na função que tenho hoje na empresa.”

Rafael Truppel Petrobras

“Foi um bom treinamento no quesito técnico, em conhecer os conceitos teóricos e aplicação prática.”

Thiago Ambrósio Peugeot Citroen

“Treinamento muito bem explicado pelo consultor, abordando os temas de uma forma bem clara e sempre citando exemplos para facilitar o entendimento de todos.”

Pablo Jesus Schott Brasil

“Este treinamento foi extremamente importante para o meu crescimento intelectual e possivelmente para o meu crescimento profissional. Me deu entendimento do assunto e domínio sobre a aplicação dos métodos de FMEA e RCM, além disso, me dando noções básicas de confiabilidade e me incentivando a buscar o nível ótimo dentro desta área em específico.”

Isabella Maximiano Coutinho da Silva Peugeot Citroen

“Treinamento detalhado, realizado com material de qualidade. Instrutor com domínio do assunto, dinâmico, com bom direcionamento do curso e preparado para os interrogatórios.”

Conteúdo Programático do Curso

Veja abaixo detalhamento

Sessão 1 - 20 horas (FMEA)

A Sessão 1 traz uma abordagem simples e prática da análise de modos e efeitos de falhas de um produto ou equipamento dentro do contexto da Engenharia da Confiabilidade qualitativa. É oferecido aos participantes uma visão completa da teoria, a lógica das falhas e as definições conceituais do tema com apoio do software Xfmea da ReliaSoft.

  • Introdução FMEA – Failure Mode and Effects Analysis
    • Definição de FMEA/FMECA
    • Histórico FMEA
    • Padrões e normas publicadas
    • Aplicação FMEA
    • Programa DFR (Design for Reliability) aplicada à FMEA
    • Por que fazer uma FMEA?
    • Benefícios da FMEA
    • Tipos de FMEA
  • Procedimento Básico de Análise das FMEAs:
    • DFMEA – FMEA de Projeto
    • PFMEA – FMEA de Processo
    • MFMEA – FMEA de Máquina
    • Passos básicos para elaboração e manutenção de uma FMEA
  • Escopo e abrangência
  • A equipe para análises FMEA
  • Regras básicas e as premissas adotadas
  • Informações, registros e documentos importantes
  • A análise funcional FMEA:
  • Função Principal
  • Requisitos Funcionais
  • Modos de Falhas
  • Efeitos de Falhas
  • Causas de Falhas
  • A avaliação de risco e criticidade
  • Severidade
  • Ocorrência
  • Detectabilidade
    • Controles Detectivos
    • Controles Preventivos
  • Número de Prioridade de Risco
  • A definição das melhorias
  • Ações Recomendadas
  • Reavaliação dos Riscos e Criticidade
  • Os gráficos da interpretação FMEA
  • Paretos
  • Matrizes
  • Setores
  • Características básicas do Xfmea
    • Utilizando o Xfmea para as aplicações práticas do treinamento
  • Características avançadas do Xfmea
    • Relatórios e gráficos
    • Suporte às principais normas
    • Ligação com outros processos e técnicas
    • Banco de dados e perfil de utilização
    • Demonstração dos recursos avançados principais do Xfmea
  • Exemplos do Guia de Treinamento Passo a Passo e Estudo de Casos Aplicados
    • Exercício teórico-prático FMEA (Obrigatório)
    • Exercício prático passo a passo (Opcional)
    • Exercício prático #1 – PFMEA (Opcional)
    • Exercício prático #2 – DFMEA (Opcional)
    • Exercício prático #3 – Case FMEA (Obrigatório)
  • Exercício em grupo
    • Exercício de introdução a Fault Tree Analysis – FTA (Opcional)
  • Exercício vinculado à FMEA
  • O link com a Engenharia da Confiabilidade quantitativa
    • Cálculo da confiabilidade

Sessão 2 - 20 horas (RCM)

A Sessão 2 traz a análise e geração dos planos de manutenção com base nos conceitos da confiabilidade qualitativa do ativo. O curso continua no contexto da Engenharia da Confiabilidade qualitativa e oferece aos participantes a conceituação teórica e prática da aplicação RCM, a necessidade, a validação e a aplicação eficaz da metodologia no cenário industrial com apoio do software RCM++ da ReliaSoft.

  • Histórico RCM
  • A Metodologia
  • Padrões RCM
  • Preparação para Análise RCM
    • A necessidade
    • A equipe brainstorming
  • Seleção dos equipamentos a serem analisados
    • Perguntas de seleção dos equipamentos
    • Fatores de criticidade
  • O link FMEA
  • Identificação de funções primárias
  • Identificação de funções secundárias
  • Identificação de falhas funcionais
  • Identificação e avaliação (categorização) dos efeitos da falha
    • Diagramas lógicos
  • Identificação dos modos das falhas
  • Definição de tarefas de manutenção
    • Perguntas de seleção para as tarefas
    • Intervalo PF e políticas de manutenção
    • Comparação das estratégias de manutenção baseada no custo e na disponibilidade
  • Operar até a falha
  • Troca/Reparo
  • Serviços
  • Inspeção para detectar a falha
  • Inspeção sob condição
  • Reprojeto
    • Cálculo do Intervalo Ótimo de Manutenção
  • Benefícios do uso de um software automatizado
  • Visão geral dos passos de uma análise no RCM++
  • Organização da informação em banco de dados e projetos
    • Trabalhando com banco de dados com e sem Login de segurança
  • Trabalhando com perfis e livrarias para customizar a interface e a análise:
    • Habilita/desabilita e/ou renomear campos de informação
    • Determina diagramas lógicos de RCM
    • Ajustar classificações, categorias, prioridade e outras opções
  • Entendendo a hierarquia, folha de trabalho e filtros
  • Atalho para entrada de informações, incluindo copiar/colar, importar/exportar,
  • livraria de frases.
  • Suporte a lógica RCM
    • Métodos de seleção de equipamento
    • Categorização do efeito da falha
    • Seleção de tarefa de manutenção
  • Cálculos do custo da tarefa de manutenção
  • O plano de manutenção
  • Relatórios, gráficos e pesquisas
  • Exercícios práticos
    • Tutorial passo a passo
    • Didática teórica ativa
    • Cases RCM

Conteúdo Programático do Curso

Veja abaixo detalhamento

  • O papel do facilitador
  • A neutralidade versus a liderança da equipe
  • Técnicas para reuniões eficazes
  • Regrasde reunião
  • As regras importantes do brainstorming
  • As perguntas de investigação da análise
  • O incentivo à participação dos membros da equipe
  • Os tipos de personalidade: introvertidos, extrovertidos e facilitadores
  • Como deve ser usada a audição
  • O incentivar ou limitar uma discussão, engrenagens de comutação
  • A manipulação das «discussões calorosas»
  • Técnicas para a tomada de decisões
  • As marcas da concordância de opiniões
  • Compromisso versus consenso
  • Conflito de gestão
  • Os debates saudáveis versus os argumentos prejudiciais
  • As técnicas saudáveis ​​e as malignas
  • O gerenciamento do conflito
  • As intervenções do facilitador
  • A administração do tempo durante as RCMs
  • Os problemas comuns de facilitação
    • Sem solução para risco alto
    • Reunião fora de foco
    • Resposta não surge
    • Resposta sem apoio
  • Determinando o escopo e o cronograma do estudo
  • Estabelecendo e treinando a equipe RCM
  • Assegurando a preparação do estudo antes da primeira reunião (as regras básicas, as premissas, as informações recolhidas, etc…)
  • Realizando a análise RCM
  • Verificando a qualidade RCM
  • Revendo e aprovando os fornecedores críticos RCM
  • Verificando se a redução do risco foi alcançada
  • A divisão dos participantes em equipes RCM, a fim de se concluir um RCM completo de um ativo específico
  • Os materiais de apoio RCM que são distribuídos para as equipes, incluem:
    • Lista de materiais
    • Diagrama de fronteiras do sistema
    • Os desenhos esquemáticos
    • Os requisitos do cliente
    • Análises comparativas
    • Especificações técnicas funcionais
    • Planos de teste do projeto anterior
    • Dados de campo
    • Diagrama de blocos de confiabilidade
  • Cada equipe cria um projeto RCM no RCM++
  • Cada equipe realiza as etapas iniciais para um projeto RCM
  • Cada equipe desenvolve um RCM, alternando cada membro como facilitadores dela, usando as habilidades de facilitação aprendidas
  • Cada equipe registra o progresso nas etapas do exercício, identificadas pelo instrutor
  • Cada equipe produz um relatório RCM final
  • Discussão e lições aprendidas

Veja abaixo a opinião de quem realizou este curso.

Cleitus Augusto Rosa da Silva Metrô SP

“Recomendo a todos que estão envolvidos com manutenção.”

Larissa Jordania Pereira Brito Equipav

“Muito proveitoso, o curso RCM além de focar no mais importante hoje para uma empresa, mostra que é possível fazer uma manutenção nos padrões requeridos pelo mercado. A experiência do Professor nos ajudou, pois seu conhecimento e facilidade de explicação facilitou nosso entendimento.”

Deivison Vitoria Vale

“Muito bom e focado em problemas do dia a dia na nossa empresa. Bom que os assuntos foram abordados de forma direta.”

Leandro Suhett Michelin

“Um treinamento bem completo, com muita prática e exemplos de aplicabilidade.”

Fábio Mazza Michelin

“Visão diferente sobre como planejar a manutenção. Quebra de alguns paradigmas.”

Tarcisio Antunes Halliburton

“Bom curso com software de ponta.”

Milton Expedito de Oliveira Neto Particular

“Ótimo treinamento. Superou minhas expectativas, o conhecimento técnico de outras áreas do consultor permitiu esclarecimento dos conceitos teóricos versus conceitos práticos.”

Filipe Hack Votorantim Cimentos

“Ótimo treinamento, abordando de maneira focada de como elaborar um bom plano de manutenção.”

Bruno Scarpa Sousa Petrobras

“Além das minhas expectativas. Muito bom.”

Conteúdo Programático do Curso

Veja abaixo detalhamento

  • Preparação para Análise
  • Seleção dos equipamentos a serem analisados
    • Perguntas de Seleção dos Equipamentos
    • Fatores de Criticidade
  • Identificação de Funções
  • Identificação de Falhas Funcionais
  • Identificação e Avaliação (Categorização) dos Efeitos da Falha
    • Diagramas Lógicos
  • Identificação das Causas das Falhas (Modos de Falha)
  • Seleção de Tarefas de Manutenção
    • Perguntas de Seleção de Tarefas
    • Intervalo PF e Políticas de Manutenção;
    • Comparação das Estratégias de Manutenção Baseada no Custo e na Disponibilidade
      • Operar até a Falha
      • Troca/Reparo
      • Serviços
      • Inspeção para detectar a Falha
      • Inspeção sob Condição
      • Reprojeto
    • Cálculo do Intervalo Ótimo de Manutenção
  • Benefícios do Uso de um Software Automatizado
  • Visão Geral dos Passos de uma Análise no RCM++
  • Organização da informação em Banco de Dados e Projetos
    • Trabalhando com Banco de Dados com e sem Login de Segurança
  • Trabalhando com Perfis e Livrarias para customizar a interface e a análise
    • Habilita/desabilita e/ou re-nomear campos de informação
    • Determina diagramas lógicos de RCM
    • Ajustar classificações, categorias, prioridade e outras opções
  • Entendendo a Hierarquia, Folha de Trabalho e Filtros
  • Atalho para entrada de informações, incluindo copiar/ colar, importar/ exportar, livraria de frases
  • Suporte à lógica RCM
    • Métodos de Seleção de Equipamento
    • Categorização do Efeito da Falha
    • Seleção de Tarefa de Manutenção
  • Cálculos do Custo da Tarefa de Manutenção
  • Pacotes de Manutenção
  • Relatórios, Gráficos e Pesquisas
  • Capacidade FMEA/FMECA
    • Número de Prioridade do Risco (NPR)
    • Análise de Criticidade
    • Gerenciamento dos Controles Atuais
    • Gerenciamento das Ações Indicadas
    • APQP
  • Características Administrativas
    • Backup
    • Rastreamento de Revisões
  • Trabalhos práticos durante o curso

Conteúdo Programático do Curso

Veja abaixo detalhamento

  • Papel do facilitador
  • Neutralidade vs. liderança da equipe.
  • As regras do brainstorming
  • Perguntas investigativas
  • Incentivar participação
  • Noções básicas sobre tipos de personalidade: introvertidos, extrovertidos e facilitadores
  • Escuta ativa
  • Incentivar ou limitar discussão, mudando de assunto
  • Tratamento de «histórias de conflitos»
  • Técnicas para tomada de decisões
  • Marcas distintivas do processo de consenso
  • Compromisso vs. consenso
  • Gestão de conflitos
  • Debates saudáveis vs. argumentos disfuncionais
  • Técnicas saudáveis vs. insalubres
  • Abordagens no gerenciando de conflitos
  • Intervenções do Facilitador
  • Gerenciando tempo durante FMEAs
  • Problemas comuns de facilitação
    • Nenhuma solução de alto risco
    • Reunião foge do assunto
    • Resposta deslocada
    • Resposta não será suportada
  • Determinar o escopo e o cronograma do projeto
  • Criação e treinamento da equipe FMEA
  • Assegurar todos os pré-trabalhos são feitos antes da primeira reunião (as regras básicas e suposições, coleta de informações)
  • Executar análises de FMEA através de ações recomendadas
  • Revisar riscos e ações recomendadas com a Alta direção
  • Executar ações recomendadas
  • Fornecendo ligação com outros processos
  • Verificar os objetivos de qualidade da FMEA
  • Revisão e aprovação crítica do fornecedor de FMEAs
  • Verificando se a redução de risco foi alcançada
  • Participantes são divididos em equipes de FMEA, para realizar uma FMEA completa de um produto específico
  • Materiais de suporte de FMEA são distribuídos para as equipes, incluindo:
    • Lista de materiais
    • Diagrama de limite a nível de sistema
    • Desenhos
    • Requisitos do cliente
    • Análise Trade-off
    • Especificações funcionais/técnicas
    • Planos de teste do projeto anterior
    • Dados de campo
    • Diagrama de blocos de confiabilidade
  • Cada equipe define um projeto de FMEA no XFMEA
  • Cada equipe executa as etapas necessárias para o projeto FMEA atribuído
  • Cada equipe executa uma FMEA, alternando com membros da equipe, sendo facilitadores ou usando as habilidades de facilitação
  • Cada equipe relata progressos em diferentes fases, identificadas pelo instrutor
  • Cada equipe produz um relatório final da FMEA
  • Discussões gerais e lições aprendidas

Veja abaixo a opinião de quem realizou este curso.

José Iraquê da Silva Proterm

“Assunto de grande importância nas atividades industriais, visualizei que além das atividades por mim trabalhada - peças (prestação de serviços). Esta ferramenta se aplica em equipamentos.  Assim, entendo que somei mais este conhecimento!”

Paulo Roberto Ribeiro Subsea7

“Atendeu plenamente as minhas expectativas. Indo de encontro ao meu dia a dia de trabalho. Recomendarei para outras pessoas.”

Raphael Castro Maxiforja

“Treinamento muito importante para o conhecimento da ferramenta XFMEA e aplicação desta como um facilitador para a implantação do FMEA.”

Fabio Ramos Rumo Logística

“A mensagem passada foi de muita importância para minha carreira profissional, atendendo minhas expectativas.”

Maurilho Magno Rumo Logística

“Ótima didática do instrutor e ativo e prestativo, curso superou minhas expectativas.”

Elias do Nascimento Votorantim Metais

“Muito interessante, é um método eficaz para aumentar a performance dos sistemas. Tivemos prazo para conhecer um pouco sobre técnicas de confiabilidade, o que embasa mais a aplicação.”

Gustavo Sousa Vale

“Superou as expectativas, pois o software apresentado é bom e eficaz e útil para a melhoria contínua.”

Fabio Carminati Vale

“Excelente treinamento! Recomendável a outras empresas, as quais tais técnicas se apliquem.”

João Batista de Azevedo Mina Serra Grande

“Gostei muito de participar desse treinamento, porque é inovador para mim, pretendo colocar em prática.”

João Paulo dos Santos Lamego

“O curso qualifica profissionais para entendimento e aplicação das técnicas de análise de causa e efeito de falhas. O curso é muito bom de maneira global.”

Lindomar de Paula Mina Serra Grande

“Muito bom, superou as expectativas.”

Benjamim Nevel Volvo

“Excelente e de aplicação imediata, vai trazer ganho para qualidade nas introduções de projeto.”

Elton Russe Vale

“Atendeu as expectativas, o instrutor atendeu e demonstrou conhecimento no assunto.”

Reginaldo Caldas Kinross

“Treinamento muito bom que deve ser aplicado no cotidiano de todos aqueles que buscam qualidade e confiabilidade no processo/projeto.”

Carlos Henrique Ávila Subsea7

“Muito bom, instrutor muito assertivo e bem prático.”

Alair Drumond Vale

“Treinamento muito bom e interativo, inclusive propiciando troca de experiência com pessoas de outras empresas.”

Luciano Sahdo Nokia

“Percebi um alto profissionalismo tanto da empresa quanto do instrutor e o nível de conhecimento aprofundado da matéria.”

Zilber Oliveira Vale

“Conheci um universo no qual achava que já conhecia! Foi uma oportunidade espetacular que certamente me trouxe crescimento.”

Ricardo Carvalho Vale

“O treinamento foi muito proveitoso, proporcionando um ótimo conhecimento.”

Sergio Alexandre Eletronuclear

“Os conhecimentos adquiridos neste curso foram de grande validade, melhoria para minha atividade profissional.”

Conteúdo Programático do Curso

Veja abaixo detalhamento

  • Definição de FMEA/FMECA
  • Histórico FMEA
  • Padrões e Normas publicadas
  • Aplicação FMEA
  • Programa DFR (Design for Reliability) aplicada à FMEA
  • Porque fazer uma FMEA?
  • Benefícios da FMEA
  • Tipos de FMEA
  • Passos básicos para elaboração e manutenção de uma FMEA
    • Escopo e Abrangência
    • A Equipe para Análises FMEA
    • Regras Básicas e as Premissas Adotadas
    • Informações, Registros e Documentos importantes
    • A Análise Funcional FMEA:
      • Funções
      • Requisitos
      • Modos de Falhas
      • Efeitos de Falhas
      • Causas de Falhas
    • A Avaliação de Risco e Criticidade
      • Severidade
      • Ocorrência
      • Detectabilidade
        • Controles Detectivos
        • Controles Preventivos
    • A Definição das Melhorias
      • Ações Recomendadas
      • Reavaliação dos Riscos e Criticidade
    • Os Gráficos da Interpretação FMEA
      • Paretos
      • Matrizes
      • Setores
  • Utilizando o Xfmea para as aplicações práticas do treinamento
  • Relatórios e Gráficos
  • Suporte às Principais Normas
  • Ligação com Outros Processos e Técnicas
  • Banco de Dados e Perfil de Utilização
  • Demonstração dos Recursos Avançados Principais do Xfmea
  • Exercício Teórico-Prático FMEA (Obrigatório)
  • Exercício Prático Passo a Passo (Opcional)
  • Exercício Prático #1 – PFMEA (Opcional)
  • Exercício Prático #2 – DFMEA (Opcional)
  • Exercício Prático #3 – Case FMEA
    • Exercício em Grupo
  • Exercício Introdutório de Fault Tree Analysis – FTA (Opcional)
    • Exercício vínculado à FMEA

ANEXO 1: Adendo Impresso (Opcional) 1

  • Exibição FMECA – Failure Mode, Effects and Criticality Analysis
  • Exibição DRBFM – Design Review Baseado no Modo de Falha
  • Integração com outras Análises e Processos

ANEXO 2: Adendo Impresso (Opcional) 1

  • Fatores de Sucesso para FMEA
    • Quais são os principais fatores de sucesso?
  • Estabelecendo um Processo Eficaz para FMEA
    • Como seria a melhor dinâmica para a Eficácia FMEA?

ANEXO 3: Adendo Eletrônico (Opcional) 2

  • Introdução FTA – Fault Tree Analysis
    • Definição e Conceito
    • Premissas e Metodologia
    • Exercício Teórico-Prático FTA (Obrigatório)

(1) Os Adendos Impressos poderão ou não serem ministrados pelo Consultor RS do momento dependendo do tempo disponível e do desejo da turma participante.

(2) O Adendo Eletrônico poderá ou não ser ministrado pelo Consultor RS do momento dependendo do tempo disponível e do desejo da turma participante.

* Treinamento atualizado com a 4°edição da metodologia FMEA revisada pela AIAG

Conteúdo Programático do Curso

O treinamento traz a teoria da Análise dos Dados de Vida (Life Data Analysis) de um produto ou equipamento.
Os exercícios práticos contarão com o apoio do software Weibull++ da ReliaSoft. 

Veja abaixo detalhamento: 

  • Nivelamento estatístico para as análises de Confiabilidade
  • Conceitos e definições necessárias
  • A Engenharia da Confiabilidade
    • Histórico e Generalidades
    • Definições Básicas
      • Métricas e Indicadores
      • Métodologia para estimação de parâmetros
      • RRX ou RRY
      • MLE
    • Tipos de Dados de Vida
    • Distribuições Estatísticas de Vida
      • Modais
      • Normal, Log-Normal, Weibull, Exponencial, Gumbel, Gama, Gama Generalizada, etc.
      • Multi-Modais
      • Weibull Mista, Modelos Competitivos
    • Gráficos da Engenharia de Confiabilidade
    • A Curva da Banheira
      • Interpretação e uso
    • Intervalos de Confiança
      • Binomial
      • Matriz de Fischer
      • Razão da Verossimilhança
      • Bayesiana
  • Análise de Degradação
    • Discutindo as variáveis de degradação
    • Projeção do tempo até a falha esperada
  • Análise de Garantia
  • Aplicada ao desenvolvimento de produto
  • Exercício Manual de Aplicação de uma análise Weibull
  • Exercícios de Aplicação no Software Weibull++
  • Outras Aplicações e Interpretações
    • Interpretar e Estabelecendo metas de confiabilidade
    • Orientar estratégias de manutenção através da curva da banheira
    • Determinar e Interpretar o tempo ótimo para substituição
    • Especificar a confiabilidade para fornecedores
    • Dimensionar estoque de peças de reposição
    • Determinar o período ótimo de garantia
    • Calcular os custos envolvidos através da confiabilidade
    • Obter o forecast da análise de garantia do produto
    • Interpretar o formato data e hora da falha/reparo
    • Análise RDA utilizada para sistemas reparáveis

Veja abaixo a opinião de quem realizou este curso.

Daniel do Nascimento Silva VALE

“Já tinha algumas noções básicas sobre o sistema Weibull, mas nunca havia utilizado de forma ativa. Com o treinamento percebi o quanto de tempo eu perdi na elaboração de estudos de confiabilidade através de planilhas eletrônicas, sendo que os mesmos poderiam ter sido feitos de forma mais rápida, efetiva e eficaz pelo Weibull. O treinamento também serviu para alinhar conceitos de confiabilidade e conhecer todos os aspectos matemáticos por trás dos cálculos utilizados.”

Thiago André de Oliveira Daniel AES Tietê

“Muito bom, superou as expectativas e será muito importante no meu aprimoramento profissional.”

Guilherme Negresiolo Libório TV Globo

“Excelente, superou em muito minhas expectativas com uma metodologia de fácil compreensão utilizando estudos de casos reais e interessantes. Terá aplicabilidade imediata.”

Glauber Raynon Mendes Freitas Kinross Brasil Mineração

“Excelente treinamento, eu recomendo.”

Jéssica Renata Teixeira Francisco Modine

“Treinamento de ótima qualidade! Confiabilidade 100% nos cursos da ReliaSoft!”

Paulo de Tarso Rossi A. Cordeiro Cemig

“Parabéns a ReliaSoft por possuir em seu quadro um profissional de didática, conhecimento e competência tão elevada com qualidade para ministrar treinamentos em níveis de excelência mundiais.”

Takashi Inomata

“Recomendo a todos os engenheiros que atuam na área de projetos, produção e manutenção.”

Ronaldo Rodrigues IVECO

“Prendeu minha atenção incrivelmente.”

Alexandre Leal Mercedes-Benz do Brasil

“Muito didático, direto e bem completo. Pronto para aplicação dos conceitos no dia-a-dia da Engenharia de Desenvolvimento.”

Bruno Agra Kleinau Celpe

“A qualidade e aplicabilidade do treinamento serão muito importantes para trabalhar o atual problema que estamos tratando em minha empresa.”

João Vitor Storti Novo Grupo Raizen

“Forneceu orientação suficiente para saber que há possibilidades de análises quantitativas na minha empresa, o que possivelmente oferecerá retorno financeiro.”

Guilherme da Costa Silva MRS Logística

“Treinamento didático e bem elaborado. A empresa em que trabalho adquiriu o software e necessitávamos conhecer melhor a ferramenta para efetuar os estudos propostos. Durante a semana de treinamento pude explorar os conceitos básicos e métodos de utilização para dar suporte às necessidades da empresa. Fica a esperança de voltar para outros módulos a fim de otimizar a interface entre Manutenção e Confiabilidade. Parabéns a ReliaSoft!”

Marcos Paulo Eudoxio MRS Logística

“O treinamento é bastante objetivo é didático. Com as experiências adquiridas durante o treinamento será possível atender as demandas da empresa (quanto orçar em função da probabilidade de falha) .”

Valter Molero Volkswagen

“Muito importante, permitiu conhecimento da base estatística para conhecimento e utilização dos aplicativos.”

Alexsandro Teixeira Gomes Cemig

“O treinamento básico foi eficaz para a iniciação do tema: Engenharia de Confiabilidade.”

Washington Santos Tiburcio Metrô SP

“O instrutor foi bem didático e amigável.”

Deivison Augusto da Vitória Vale

“Excelente. Muito focado nos principais desafios das empresas na gestão dos seus ativos. Alta qualidade dos materiais de apoio, dos softwares e do instrutor. Parabéns.”

Douglas Gonçalves Vale

“Treinamento de ótima qualidade, focado no objetivo principal.”

Julio Cesar Vale

“Treinamento de ótima qualidade com instrutor com total conhecimento do assunto trazendo os exemplos dos estudos de casos para a nossa realidade.”

André Luiz Souza Andrade Vale

“Aplicável para a realidade atual da empresa.”

Conteúdo Programático do Curso

Veja abaixo detalhamento

Sessão 1 - 24 horas

A Sessão 1 traz a teoria da Análise dos Dados de Vida (Life Data Analysis) de um produto ou equipamento.
Os exercícios práticos contarão com o apoio do software Weibull++ da ReliaSoft.

  • Embasamento estatístico e aplicações práticas
  • Definições e conceitos básicos
  • A teoria e métodos para estimação de parâmetros (Regressão X e Y, MLE, etc.)
  • Distribuições estatísticas de vida (Weibull, Exponencial, LogNormal, Normal, Gama)
  • Tipos de dados de vida de produtos (Dados Completos, Suspensos, etc.)
  • Intervalos de confiança
  • Aplicando a análise de dados de vida
  • Analisando os gráficos de confiabilidade:
    • Confiabilidade vs. tempo
    • Probabilidade de falha vs. tempo
    • Função densidade de probabilidade de falha vs. tempo
    • Taxa de falha vs. tempo
  • Determinando tempos ótimos para substituição de componentes
  • Orientações de ações corretivas a partir de dados de campo
  • Dimensionando volumes de peças de reposição
  • Estabelecendo e conquistando metas de confiabilidade
  • Estipulando a confiabilidade para fornecedores
  • Determinando períodos de garantia
  • Determinando custos relativos ao período de garantia
  • Rastreando a confiabilidade de produtos
  • Construindo e analisando uma curva da banheira
  • Realizando análises de confiabilidade com o Weibull++
  • Realizando análises avançadas utilizando o Weibull++
  • Exercícios aplicando os conceitos abordados

Sessão 2 - 16 horas

A Sessão 2 traz a introdução das teorias conectadas à Análise de Dados de Vida.
Os exercícios práticos terão o apoio dos softwares ALTA e BlockSim.

  • Visão geral dos ensaios acelerados
  • O que é um ensaio acelerado e como aplicá-lo
  • Tipos de ensaios acelerados (Quantitativos versus Qualitativos)
  • Introdução à aplicação de modelos de relação vida versus estressamento de análises
  • Modelos de estressamentos constantes (não dependentes do tempo)
    • Modelo de Arrhenius
    • Modelo de Eyring
    • Modelo de Potência Inversa
    • Modelo de Temperatura – Umidade
    • Modelo Não Térmico de Temperatura
  • Predição da confiabilidade, tempo de garantia, Vida Bx (Vida B10) e MTTF (MTBF) para a condição de uso normal (campo), utilizando os dados de ensaios acelerados.
  • Determinação dos Fatores da Aceleração
  • Obtendo os gráficos para as condições normais de uso a partir dos dados de ensaios acelerados, tais como:
    • Gráficos de Probabilidade
    • Gráficos de Confiabilidade
    • Gráficos de Taxas de Falhas
    • Gráficos de Funções Densidade de Probabilidade (PDF)
    • Gráfico de Vida vs. Stress
    • Intervalos de Confiança em Dados de Vidas Acelerados
  • Visão geral da confiabilidade de sistemas
  • Diagramas de Blocos para Confiabilidade
    • Configuração Série
    • Configuração Paralelo Simples
    • Configuração k/n
  • Diferença entre Redundância Ativa e Passiva
  • Análise da Importância da Confiabilidade
  • Análise da Otimização da Confiabilidade
  • Vida útil do sistema
  • Sistema reparável versus sistema não reparável
  • Métricas da confiabilidade do sistema não reparável
    • Confiabilidade
    • Probabilidade de Falha
    • Taxa de Falha
    • MTTF
  • Métricas da confiabilidade do sistema reparável
    • Mantenabilidade
    • Disponibilidade
    • Taxa de Reparo
    • MTTR
  • Fundamentos da manutenção preventiva
  • Tempo ótimo de substituição preventiva
  • Aplicação da técnica de Simulação

Conhecimento gera reconhecimento. Aprenda com quem entende do assunto e transforme-se em um profissional de Engenharia da Confiabilidade.

A Compass oferece uma grade completa de treinamentos que combinam conceitos, teorias, aplicações práticas e softwares de análise. Os cursos podem ser ministrados em formato aberto e in company, conforme necessidades específicas da sua empresa.

Metodologias Quantitativas

O treinamento oferece a visão global da Engenharia de Confiabilidade, conforme a metodologia quantitativa da análise de dados de vida e sua relação com outras técnicas, fazendo uma introdução aos conceitos de ensaios acelerados de vida e confiabilidade de sistemas. O objetivo é demonstrar como é possível conhecer e controlar o comportamento de vida de produtos ou equipamentos, a fim de obter benefícios financeiros pelas melhorias implementadas na confiabilidade, mantenabilidade e disponibilidade. 

Duração/Carga horária: 05 dias, 40h
Software de Apoio: Weibull++, ALTA e BlockSim

O treinamento apresenta fundamentos teóricos e práticos da Análise de Dados de Vida (Life Data Analysis) aplicada a um projeto, produto ou equipamento, tanto no contexto da engenharia de desenvolvimento de produto quanto na engenharia de manutenção. 

Duração/Carga horária: 03 dias, 24h
Software de Apoio: Weibull++

O treinamento de Confiabilidade de Sistemas expande os conceitos da Engenharia da Confiabilidade para a metodologia de análise RAM (Reliability, Availability and Maintainability Analysis) que inclui diagramas de blocos de confiabilidade, análise de sistemas reparáveis e simulação de Monte Carlo. Nesse curso, o participante aprenderá como modelar sistemas e linhas de processo complexas, podendo assim estender suas simulações para obter resultados de disponibilidade, capacidade produtiva, estoque de reposição, equipes de manutenção e todos os custos associados.

Pré-requisito: Esse treinamento exige conhecimentos em análise de dados de vida (confiabilidade)

Duração/Carga horária: 03 dias, 24h
Software de Apoio: BlockSim

É fundamental que as empresas fabricantes de produtos tenham total controle da evolução da confiabilidade durante todas as fases de desenvolvimento e assim prever quando o produto estará com a maturidade ideal para ser liberado para o mercado. Ações deste tipo permitem a redução dos custos de garantia e evita o recall.

Por outro lado, empresas que compram e utilizam equipamentos em suas linhas de produção necessitam monitorar a performance de vida, durante sua utilização, para determinar se a confiabilidade está estável, ou está se deteriorando. Ações deste tipo permitem a determinação rápida de ações corretivas e preventivas além de permitir definir o tempo ideal para a realização de overhaul ou substituição do equipamento.

A análise do Crescimento da Confiabilidade (Reliability Growth Analysis) é uma poderosa ferramenta para monitorar o comportamento de vida de produtos e equipamentos e garantir que a meta de confiabilidade seja atingida. Esse treinamento fornece uma visão da metodologia RGA e suas aplicações no desenvolvimento de produtos e na análise de sistemas reparáveis.

Duração/Carga horária: 03 dias, 24h
Software de Apoio: RGA

O treinamento traz os conceitos da análise de risco e simulação estatística. O objetivo é proporcionar aos profissionais, técnicas avançadas de simulação para apoiar a tomada de decisão. Por meio da aplicação de estudos de casos o participante resolverá diversos problemas complexos (ex. análises de confiabilidade, análise de risco, segurança financeira, melhorias, etc).

Serão abordadas atividades teóricas e práticas relativas as ferramentas de: análise probabilística e determinística, análise de eventos, árvores de decisão, simulação e análise de risco. O treinamento permitirá que os participantes desenvolvam trabalhos em suas áreas e sirvam de multiplicadores desses métodos e práticas dentro da organização.

Duração/Carga horária: 03 dias, 24h
Software de Apoio:

O teste de vida de produtos e equipamentos sob condições elevadas de estresse pode representar economias significativas tanto de custos quanto de tempo. A análise correta de dados, obtidos por meio de Ensaios Acelerados, fornecerão parâmetros e informações que podem ser extrapoladas para as condições normais de uso dos produtos e equipamentos. Este treinamento ensina como conhecer a confiabilidade de produto ou equipamento em condições extremas de uso. Também aborda modelos avançados que irão ampliar as aplicações da análise de ensaios acelerados, permitindo a análise com estressamento variável ao longo do tempo (ex. stress step) e ainda estressamentos discretos (ex. On/Off).

Pré-requisito: Esse treinamento exige conhecimentos em análise de dados de vida (confiabilidade). 

Duração/Carga horária: 03 dias, 24h
Software de Apoio: ALTA

Um dos principais objetivos da Análise do Custo do Ciclo de Vida (LCC – Life Cycle Cost) é realizar a avaliação econômica para manter um equipamento durante toda a sua vida útil, incluindo os custos de aquisição, instalação, operação, manutenção e descarte. O treinamento traz a teoria e as aplicações práticas da metodologia LCC, a partir dos conceitos de matemática financeira, engenharia de confiabilidade e engenharia econômica.

Duração/Carga horária: 03 dias, 24h
Software de Apoio: Weibull++, BlockSim e RGA

Metodologias Qualitativas

A FMEA é uma técnica para identificar e analisar a influência dos potenciais modos de falha de um produto, equipamento, processo ou serviço, cujos efeitos devem ser considerados, eliminados ou minimizados, por meio de uma avaliação de índices que correspondem a um valor da criticidade na utilização do produto. Esse treinamento abordará a metodologia para analisar a criticidade dos modos e efeitos das falhas (FMEA/FMECA), e ajudará a identificar a necessidade de realizar uma FMEA, quem deve participar, que tipo de FMEA utilizar (projeto, processo, sistema, manutenção, etc.). Treinamento atualizado com a 4ª edição revisada pela AIAG (Automotive Industry Action Group).

Duração/Carga horária: 03 dias, 24h
Software de Apoio: Xfmea

Nesse treinamento são utilizados estudos de caso para permitir que os participantes pratiquem a facilitação da FMEA. O profissional aprenderá as habilidades necessárias para facilitar reuniões bem sucedidas de FMEAs, ganhará experiência em preparação para FMEAs mais atuais e na aplicação das melhores práticas dos procedimentos da FMEA. O participante também aprenderá a manter reuniões de FMEA no ponto principal e mover rapidamente em direção aos objetivos de equipe.

Pré-requisito: Esse treinamento exige conhecimentos na metodologia da análise FMEA/FMECA

Duração/Carga horária: 02 dias, 16h
Software de Apoio: Xfmea

A Manutenção Centrada na Confiabilidade (RCM) é um método para desenvolver e selecionar políticas alternativas de manutenção a partir da avaliação de critérios econômicos, de segurança e operacionais. É a combinação das ações de manutenção a serem desenvolvidas com base na condição, no tempo e na operação até a falha dos equipamentos, a fim de desenvolver planos de manutenção focados, efetivos e com custos otimizados. O treinamento apresentará a metodologia RCM, para aplicação da RCM clássica (qualitativa), e também irá unificar os conceitos da RCM clássica com a análise de dados de vida e obter um plano de manutenção mais adequado.

Duração/Carga horária: 03 dias, 24h
Software de Apoio: RCM++

Esse treinamento tem como objetivo capacitar facilitadores na execução de estudo RCM. O curso de facilitadores, através de conceitos e exercícios práticos, irá exercitar as habilidades necessárias para facilitar reuniões de RCM eficientes e eficazes. Com a execução de estudos de caso, o curso apresenta conceitos que podem ser utilizados para ajudar nos processos da organização, permitindo execução eficiente e eficaz dos Planos de Manutenção realizados pela equipe e diminuição de erros recorrentes, comuns na realidade de indústria, e maximizando a participação das partes interessadas.

Duração/Carga horária: 02 dias, 16h
Software de Apoio: RCM++

O treinamento traz os conceitos e aplicações práticas da metodologia FMEA, utilizada para analisar os modos e efeitos das falhas em projetos, processos, sistemas e manutenção. Também aborda a metodologia RCM, desenvolvida para realizar a manutenção centrada na confiabilidade, permitindo determinar o intervalo para manutenção preventiva e avaliar o risco operacional. Será realizada uma comparação entre as metodologias, fazendo um vínculo com a confiabilidade. 

Duração/Carga horária: 05 dias, 40h
Software de Apoio: Xfmea e RCM++

Gestão

Este treinamento tem como objetivo permitir ao participante enxergar de forma diferenciada seu sistema de gestão de ativos, entender os fatores críticos de sucesso, permitindo diagnosticar e propor melhorias para alcançar o máximo desempenho, com menor custo e risco. Utilizando o modelo da ISO 55000, será demonstrado que só com a Engenharia da Confiabilidade é possível obter um sistema ótimo e sustentável durante o ciclo de vida dos ativos.

Duração/Carga horária: 03 dias, 24h
Sistema de Apoio: Orion eAPI

O treinamento orientará sobre os processos mais comuns para a gestão das análises de causa raiz de falha, abordando o conceito FRACAS, as definições e as boas práticas no gerenciamento da falha.  O consultor auxiliará os profissionais a compreenderem as técnicas utilizadas na análise da causa raiz que mais se aplicam nos processos de resolução de problemas e as diferentes definições de falha. Com os temas trabalhados, o objetivo é que participante perceba a necessidade pela implementação sistemática das metodologias RCA, possibilitando a correlação entre os temas e ainda ajustar o processo de gestão atual, adequando-o conforme as características da área e filosofia da organização. 

Duração/Carga horária: 04 dias, 32h
Software de Apoio: BlockSim e XFRACAS

As empresas, cada vez mais, são desafiadas a alcançar alta confiabilidade do produto ainda na fase de projeto, ao mesmo tempo em que precisam reduzir o tempo de desenvolvimento e minimizar os custos. Para apoiar as empresas nesse desafio, o curso Confiabilidade para Projetos (DFR – Design for Reliability) abordará as ferramentas e métodos que deverão ser utilizados em todas as fases de desenvolvimento de novos produtos, desde sua conceituação até a utilização do produto pelo cliente.

Treinamento direcionado para gestores, apresenta os principais indicadores de confiabilidade gerados a partir de metodologias quantitativas e qualitativas relacionadas à Engenharia da Confiabilidade. O objetivo é orientar uma correta leitura e interpretação dos dados obtidos nas análises de confiabilidade, auxiliando os líderes a utilizarem indicadores precisos para a tomada de decisão. Entre os indicadores abordados estão: MTBF, MTTF, risco e probabilidade, garantia do produto, disponibilidade operacional e inerente, mantenabilidade, confiabilidade, taxa de falha, vida econômica do ativo e frequência ideal de troca do componente, estratégias de manutenção e índice de criticidade.

Duração/Carga horária: 01 dia, 8h
Software de Apoio: Sofwares de Análise ReliaSoft

Para solicitar um orçamento, selecione abaixo o produto desejado e preencha o formulário correspondente.

No momento nosso formulário está desabilitado.

Pedimos que envie-nos sua solicitação por e-mail para vendas@ctscompass.com. informando seu nome completo, empresa, produto de interesse e telefone que a nossa equipe entrará em contato.

Agradecemos a compreensão.

No momento nosso formulário está desabilitado.

Pedimos que envie-nos sua solicitação por e-mail para vendas@ctscompass.com. informando seu nome completo, empresa, produto de interesse e telefone que a nossa equipe entrará em contato.

Agradecemos a compreensão.

No momento nosso formulário está desabilitado.

Pedimos que envie-nos sua solicitação por e-mail para vendas@ctscompass.com. informando seu nome completo, empresa, produto de interesse e telefone que a nossa equipe entrará em contato.

Agradecemos a compreensão.

O suporte técnico e as novas versões dos softwares estarão disponíveis para os usuários mediante confirmação do plano de suporte ativo. O usuário pode realizar a abertura do chamado pelo formulário abaixo. O suporte é realizado de segunda à sexta-feira em horário comercial, exceto em feriados nacionais e municipais.

Benefícios do Plano de Suporte

  • Suporte técnico de funcionalidades e de instalação
  • Atualizações gratuitas de novas versões e releases

Política de Suporte Técnico

  • O suporte técnico aplica-se à versão atual do software.
  • O suporte é limitado para as funções do software. Caso seja necessário auxílio nas metodologias de confiabilidade ou gestão de ativos, sugerimos a contratação de consultoria ou treinamento para sua empresa.
  • Para as perguntas enviadas, a resposta será dada em até 02 dias úteis.

Formulário de Suporte

No momento nosso formulário está desabilitado.

Pedimos que envie-nos sua solicitação por e-mail para suporte@ctscompass.com informando seu nome completo, empresa, telefone e breve descritivo do problema que a nossa equipe entrará em contato.

Agradecemos a compreensão.

Preencha o formulário abaixo para solicitar uma versão Demo do software que deseja conhecer.
Assim que recebermos sua solicitação, entraremos em contato.

No momento nosso formulário está desabilitado.

Pedimos que envie-nos sua solicitação por e-mail para contato@ctscompass.com nformando seu nome completo, empresa, telefone e breve descritivo do problema que a nossa equipe entrará em contato.

Agradecemos a compreensão.

Veja abaixo os tipos de licenças disponíveis por software.

Orion eAPI – Licença por TAGs

O Orion eAPI é disponibilizado para uma quantidade de TAGs* contratados. Esta quantidade pode ser ampliada por meio da aquisição de pacotes de expansão. A quantidade de usuários que poderá utilizar o sistema e todas as suas funcionalidades é ilimitada, podendo incluir todos os colaboradores e seus respectivos fornecedores, os quais possuam engenheiros e/ou técnicos alocados na unidade da CONTRATANTE.

* É a sigla técnica para posição funcional, e pode abranger unidade de negócio, área, sistema, subsistema, equipamento ou outro nível menor ao qual se deseja realizar a gestão baseada na Confiabilidade.

XFRACAS – Licença por usuário nomeado

O sistema XFRACAS da ReliaSoft é totalmente web-based e possui 04 faixas de licença que é variável conforme a quantidade de usuários. A ativação de usuários é nominal, e usuários adicionais podem ser comprados, conforme valor unitário de cada tipo de licença.

Licença x Quantidade de Usuários Nomeados
Entry Level – até 15 usuários
Intermediate – até 40 usuários
Mid-Range – até 100 usuários
Enterprise – até 499 usuários

Softwares Especialistas

Os softwares de análise especialista da ReliaSoft possuem 03 tipos de licença: Licença Named User, Licença Floating e Licença CRS

Licença Named User

Licença designada e licenciada para um usuário individual nomeado de uma organização.

Licença Floating

Licença designada e licenciada para uma organização que tenha a necessidade de acesso para múltiplos usuários em rede, porém que não precisam utilizar o software ao mesmo tempo. Ao adquirir a licença floating a Contratante deverá definir a quantidade de acessos (seats) simultâneos.

Exemplo: Ao adquirir 01 acesso floating local, todos os usuários da Contratante, localizados em uma mesma planta ou unidade, poderão instalar o software, porém apenas 01 usuário de cada vez poderá utilizar o software.

Licença CRS (Múltiplos Usuários e Softwares - Aluguel Anual)

Licenciamento flexível na modalidade de aluguel anual, essa licença é designada para uma organização que tenha a necessidade de acesso para múltiplos usuários e múltiplos softwares desktop da ReliaSoft, para um período de uso específico.

A licença CRS (Complete Reliability System) é baseada e validada por token, permitindo o acesso a qualquer aplicativo desktop da ReliaSoft. Cada software requer uma quantidade especifica de Unidades CRS. Quando o aplicativo é iniciado ele bloqueia uma quantidade específica de unidades na memória do token que é compartilhado com a empresa.  Ao fechar o aplicativo, as unidades são liberadas de volta ao token, para que outros usuários acessem. Todos os usuários da organização podem utilizar os aplicativos desktop, até o limite de unidades disponíveis.

A contratação mínima são 1.600 unidades CRS, podendo ser ampliada em pacotes de 200 unidades CRS.

Direito de Instalação

Licença Named User
O usuário final poderá instalar e utilizar o aplicativo em 01 computador definido. A licença é nomeada.

Licença Floating e Licença CRS
A licença floating e CRS são ativadas conforme a localização geográfica da Contratante que poderá optar pelos seguintes tipos de utilização da licença:

• Local: utilização em somente 01 planta
• Nacional: utilização em todas as suas plantas do território nacional
• Regional: utilização em todas as suas plantas localizadas em uma mesma região: Americas, EMEA (Europa, Oriente Médio e África), APAC (Ásia Pacífico).
• Global: utilização em todas as suas plantas no mundo

IMPORTANTE: O gerenciador de licenças tipo floating e tipo CRS são hospedados localmente na Contratante. Isso permite realizar a gestão de usuários sem a necessidade de conectar com o servidor da ReliaSoft. Porém, para isso serão necessárias algumas informações do servidor onde será instalada a aplicação que irá gerenciar as licenças. Para mais informações acesse: http://www.reliasoft.com/synthesis/get_host_ids.htm

Recomendamos a utilização de servidores físicos para hospedar o gerenciador da licença. Servidores virtuais também poderão ser utilizados, mas não é o tipo de implementação ideal.

Caso a empresa utilize servidor virtual, deverá informar com antecedência, pois a licença para esse tipo de ambiente é diferenciada. Além disso, a empresa deverá formalizar que tem ciência que o software deverá ser utilizado dentro da localização geográfica escolhida no momento de aquisição da licença.

Suites - Limitações de Direitos de Instalação

As Suítes (RAM, DFR ou Master) possuem um valor de licença bem atraente, representando uma economia significativa em relação à compra dos softwares separadamente. Porém, o conceito de pacote limita a quantidade de usuários, conforme o tipo de licença adquirida: 

• Named User: Os softwares que fazem parte da suíte serão registrados e ativados em nome do mesmo usuário, o que não possibilita a divisão dos aplicativos com outros profissionais.
• Floating: Cada “seat” permite acesso a todos os softwares da suíte ao mesmo tempo, ou seja se for adquirido 01 acesso Floating, é possível que apenas 01 usuário acesse todos os softwares simultaneamente, por vez.

A Compass é representante exclusiva na América do Sul dos Softwares ReliaSoft da HBM Prenscia.

Essas ferramentas de análise especialistas são referência no setor de confiabilidade, sendo amplamente utilizadas em diversos setores da indústria, para facilitar a aplicação prática da confiabilidade na manutenção, gestão de ativos, desenvolvimento de produto e pós-vendas.

Software, com mais de 13 distribuições estatísticas, para análise de dados de vida (confiabilidade) de produtos, equipamentos, sistemas e processos. Permite determinar períodos de garantia e de manutenção preventiva, além de estimar o orçamento para peças de reposição e analisar quantitativamente os riscos. O software também inclui outras ferramentas para análises incluindo análise de degradação, análise de dados não paramétricos e análise de eventos recorrentes.

Mais informações: https://www.reliasoft.com/products/reliability-analysis/weibull

Software para realizar teste de vida de equipamentos sob condições elevadas de estresse. Permite análises por meio de Ensaios Acelerados, fornecendo parâmetros e informações que podem ser extrapoladas para as condições normais de uso dos equipamentos. Esse software está disponível em duas versões ALTA Standard e ALTA PRO. O ALTA Standard fornece modelos de relação vida-estresse necessários para analisar dados de teste acelerado com uma ou duas variáveis de estressamento. O ALTA PRO oferece recursos avançados de análises de testes acelerados com até oito variáveis simultâneas de estressamento.

Mais informações: https://www.reliasoft.com/products/reliability-analysis/alta

Software para análise da confiabilidade, mantenabilidade e disponibilidade de sistemas (Análise RAM). Utiliza diagrama de blocos de confiabilidade (RBD) e árvore de falha (FTA). O BlockSim também utiliza o método Monte Carlo para simular sistemas reparáveis e possibilita a inclusão do módulo opcional Markov.

Mais informações: https://www.reliasoft.com/products/reliability-analysis/blocksim

Software para realizar a análise de risco, segurança e eventos probabilísticos. Permite a criação de modelos complexos, utilizando o formato de fluxograma. Também possibilita realizar pesquisa operacional e análise financeira.

Mais informações: https://www.reliasoft.com/products/reliability-analysis/reno

.

Software para analisar e monitorar o crescimento da confiabilidade durante a fase de desenvolvimento. Também pode ser utilizado para analisar sistemas reparáveis e determinar o tempo ideal para substituição do equipamento ou realização do overhaul.

Mais informações: https://www.reliasoft.com/products/reliability-analysis/rga

O Lambda Predict inclui normas de predição da confiabilidade como MIL-HDBK-217, Bellcore/Telcordia, NSWC, FIDES e Siemens SN 29500. Fornece uma extensa biblioteca de componentes e permite consultar bibliotecas adicionais por meio da assinatura do portal web.

Mais informações: https://www.reliasoft.com/products/reliability-analysis/lambda-predict

Software para realizar as análises FMEA/FMECA e direcionar a tomada de decisão, priorizando os riscos potenciais de falha em projetos, processos e sistemas. Suporta as normas: AIAG FMEA-4, J1739, ARP5580, MIL-STD-129A, entre outras.

Mais informações: https://www.reliasoft.com/products/reliability-management/xfmea

Software para realizar a execução, gestão, documentação e elaboração dos planos de manutenção conforme a metodologia da Manutenção Centrada na Confiabilidade. Permite determinar o intervalo para manutenção preventiva e avaliar o risco operacional. Inclui todas as funcionalidade da análise FMEA/FMECA.

Mais informações: https://www.reliasoft.com/products/reliability-management/rcm

Facilita as análises de inspeção baseada em risco (RBI), para empresas de óleo e gás, química e de energia, de acordo com os princípios e diretrizes recomendados pelas publicações API RP 580 e RP 581 do Instituto Americano de Petróleo (American Petroleum Institute), e também pela publicação ASME PCC-3-2007 da Associação Americana de Engenheiros Mecânicos (American Society of Mechanical Engineers). Todos os recursos e funcionalidades da manutenção centrada na confiabilidade (RCM) e FMEA/FMECA também estão incluídas no software.

Mais informações: https://www.reliasoft.com/products/reliability-management/rbi

O MPC foi projetado para apoiar grupos de trabalho de MSG-3, para executar análise de sistemas de geração de energia, análise estrutural ou análise Zonal-L/HIRF de acordo com a norma MSG-3, a fim de orientar o operador ou fabricante nas rotinas de manutenção.

Mais informações: https://www.reliasoft.com/products/reliability-management/mpc

As Suítes da ReliaSoft oferecem um conjunto de ferramentas de confiabilidade destinadas para cada área de atuação. A Suíte DFR (Essential ou Premium) é destinada para profissionais que atuam no desenvolvimento de um produto e pós-venda. A Suíte RAM (Essential ou Premium) é indicada para profissionais da manutenção e gestão de ativos. A Suíte Master é indicada para profissionais de todas as áreas e inclui a maioria dos aplicativos da ReliaSoft.

As Suites possuem um valor de licença bem atraente, representando uma economia significativa em relação à compra dos softwares separadamente. Porém, o conceito de pacote limita a quantidade de usuários e acessos, conforme o tipo de licença adquirida.

Mais informações: https://www.reliasoft.com/products/reliasoft-suites

O SEP é um portal web-based que permite acesso às análises e aos detalhes do gerenciamento do projeto a partir de qualquer dispositivo web habilitado. Disponível para toda a organização ou equipe, incluindo gerentes ou outros profissionais que não tenham acesso aos softwares da ReliaSoft. Os analistas que utilizam os softwares da Plataforma Synthesis definem quais métricas, resumo de análises, relatórios e painéis de indicadores que serão compartilhados no portal web. O SEP apresenta uma visão simplificada do plano do projeto para cada análise. Isso facilita a rastreabilidade do projeto, permitindo que a equipe relate o progresso das ações atribuídas, mantendo todos os envolvidos cientes da evolução do projeto.

Mais informações: https://www.reliasoft.com/products/reliability-management/synthesis-enterprise-portal

O XFRACAS é uma aplicação web-based desenvolvida na plataforma .NET da Microsoft.

Por isso, é possível realizar sua instalação em um único servidor ou em servidores distintos para banco de dados e aplicação. Esta escolha fica a critério da área de TI da Contratante.

Ainda de acordo com a política de TI da Contratante, você pode configurar a aplicação para ser acessada somente na intranet ou permitir acesso pela internet, os usuários são validados pelo Active Directory com a mesma conta da rede, por ser uma aplicação web, não é necessária nenhuma instalação na máquina cliente, sendo possível acesso através de dispositivos e browsers variados, como apresentado na figura abaixo.

Os requisitos das especificações técnicas necessárias para a utilização do sistema XFRACAS são:

Estações dos Usuários

  • • Windows 2008 R2 ou versão mais recente;

Servidores (Banco de Dados)

• Windows Server 2008 R2 ou Superior
• NET 4.6
• IIS com Suporte a ASP.NET
• SQL Server 2008 ou Superior ou Oracle (10g ou Superior)

Os requisitos mínimos de hardware para o servidor devem ser obtidos diretamente do fornecedor (Microsoft ou Oracle), em geral, a ReliaSoft recomenda um servidor com CPU mínimo de 2 GHz/4 GB de RAM, o espaço e crescimento do banco depende exclusivamente do uso da aplicação, após algum tempo de uso será possível estabelecer um capacity planning da solução.

Sistema empresarial para gestão de análise de falhas e determinação de ações de melhoria.

O XFRACAS da ReliaSoft é um sistema web-based, baseado na metodologia FRACAS (Failure Reporting, Analysis and Corrective Action System) o sistema permite aplicar a sistemática do ciclo de resolução de problemas por meio de equipe multifuncional. Também é totalmente configurável e flexível, permitindo customização do sistema conforme necessidades das empresas.

Um dos principais benefícios do sistema, é permitir a redução de recorrências de falhas ao atuar diretamente em suas causas, impactando no aumento da disponibilidade, na redução de custos de manutenções, na redução de stress e horas extras das equipes, na redução do back log de manutenção planejada, na melhoria de projetos e pós-venda, entre outros benefícios. Além disso, a redução de falhas permitirá investir mais tempo para trabalhar ações preventivas, identificar e implementar melhorias e inovações em sua empresa.

Com o sistema XFRACAS a empresa poderá executar, acompanhar e gerenciar todo o processo de resolução de problemas, desde a abertura de um incidente/falha (referente a um produto, equipamento, processo, ou qualquer outro evento) até sua tratativa de resolução. Os envolvidos no processo contarão com o apoio de diversas metodologias (PDCA, DMAIC Seis Sigma, DFSS, 8D, entre outras metodologias) de acordo a necessidade de cada empresa.

O XFRACAS atua de forma global nas organizações para resolver os problemas existentes, construindo uma base de conhecimento das lições aprendidas, fechando o ciclo de resolução do problema.

Mais informações: https://www.reliasoft.com/products/reliability-management/xfracas

Benefícios do Sistema

  • Realizar melhorias de projeto, lançar produtos em menor tempo, fornecer melhores serviços e aumentar a satisfação no suporte ao cliente.
  • Reduzir custos de manutenção, horas extras de equipes e back log de manutenção planejada.
  • Gerenciar ações e fluxo de trabalho, com alertas para os responsáveis.
  • Realizar a resolução de incidente a partir de diversas metodologias: G8D (8 disciplinas), DMAIC (do Six Sigma), Design For Six Sigma, DMADV, IDOV
  • Realizar análise de falhas, por meio do módulo opcional Visual Analysis que disponibiliza ferramentas de análise de falhas: Brainstorming, 5 Porquês, Diagrama Ishikawa, Análise de Causa/Efeito e RCA.
  • Realizar o processo de validação para cada tipo de ação realizada.
  • Compartilhar os dados registrados e as soluções dos incidentes para as demais áreas da empresa.
  • Monitorar problemas com fornecedores e prestadores de serviço autorizados.
  • Acompanhar a eficácia das ações implementadas.
  • Realizar gestão de projetos.
  • Gerenciar dados de reparo e substituição de equipamentos.
  • Obter, automaticamente, os indicadores de MTBF, MTBI, tempo de reparo, disponibilidade, entre outros.
  • Utilizar o histórico de incidentes para reduzir os custos de garantia.
  • Assegurar os requisitos exigidos para auditoria de sistemas de qualidade da ISO.
  • Padronizar o histórico de incidentes para realizar análises de confiabilidade.

Integração com Softwares de Análise Especialistas

O sistema empresarial XFRACAS, da ReliaSoft, foi desenvolvido para integrar com as ferramentas de análises especialistas da ReliaSoft (Weibull++, BlockSim, ALTA, RGA, RCM++, Lambda, DOE ++, RENO, RBI e Xfmea), permitindo que as informações sejam compartilhadas, e potencializadas com a contribuição de diversos especialistas em um mesmo projeto, dessa forma, informações de falha registrados na interface do XFRACAS podem ser dados de entrada para execução de cálculos de análise de dados de vida no Weibull++, ou outras análises nos softwares especialistas.

Além disso, a solução ReliaSoft permite o armazenamento de análises em um banco de dados centralizado que suporta o acesso simultâneo de vários usuários e compartilha informações relevantes entre as ferramentas de confiabilidade habilitadas. São suportados, para nível empresarial, repositórios como Microsoft SQL Server ® e Oracle.

O sistema Orion eAPI foi desenvolvido e desenhado em uma plataforma Web-based para atender às necessidades de grandes organizações.

Ele é baseado no .NET Framework e projetado para ser n-tier, escalável, distribuível, robusto e capaz de ser implantado em vários servidores ou em um único computador (em grandes e médias organizações recomendamos utilizar um servidor para Banco de Dados e outro servidor para a aplicação Web).

Os requisitos das especificações técnicas necessárias para a utilização do sistema Orion eAPI são:

Estações dos Usuários

• Internet Explorer 7 ou superior que seja compatível com o seguinte doctype:
<!DOCTYPE html PUBLIC «-//W3C//DTD XHTML 1.0 Transitional//EN» «http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-transitional.dtd»>

• Microsoft Framework.net 3.5 ou superior

• SilverLight

Servidores (Banco de Dados / Aplicação Web)

• Windows Server 2008 R2 ou Superior

• IIS com Suporte a ASP.NET

• Microsoft SQL Server 2005 ou Superior (versões 32-bit e 64-bits)

• Framework .net 3.5 ou Superior

• Componente gráfico MS-Chart

Acesso Rede Local

O sistema Orion eAPI terá melhor performance em rede local, possibilitando o acesso aos computadores internos e externos a rede. Para o acesso externo o cliente deverá estabelecer política de segurança e regras de firewall bem definidas.

Orion02

Acesso Site to Site (Tipo Frame-Relay)

O sistema Orion eAPI por ser web-based pode ser acessado utilizando navegador de internet e uma rede tipo frame-relay atuando como uma rede local. Desta maneira distintos sites/locais podem ter acesso a informações centralizadas no Orion eAPI.

Acesso VPN

O sistema Orion eAPI pode ser acessado de forma externa ou localidade remota. Para esta configuração a empresa deve possuir acesso VPN através da aquisição do IP da rede local onde o Orion eAPI estiver instalado. Esta configuração facilita consultas no Orion eAPI a colaboradores que estejam trabalhando fora da planta.

Provedor de Serviços

O sistema Orion eAPI pode ser hospedado em um provedor de serviços com total integração a sua base de dados local. Esta configuração facilita a administração e reduz a necessidade de aquisição de recursos.

Sistema empresarial para gestão de ativos industriais, suportado pela confiabilidade e de acordo com a ISO 55.000 e PAS 55.

O Orion eAPI é um sistema web-based que possibilita integração total com bancos de dados como CMMS (SAP, Maximo, etc.), sistema de registro de paradas, PINS, monitoramento da condição, e outras fontes de informação. O sistema possui ferramentas para análises de confiabilidade e também faz a integração com outras ferramentas de análise especialista.

O sistema é estruturado nos seguintes módulos:

Ciclo de Gestão de Ativos

Conecta o planejamento estratégico da organização com o sistema de gestão de ativos, suportado por indicadores de performance que abrangem o ciclo de vida dos ativos. Permite organização dos principais documentos exigidos pela ISO 55001: Escopo, Política de Gestão de Ativos, Partes Interessadas, SAMP (Strategic Asset Management Plan), Objetivos, AMPs (Asset Management Plan) e Indicadores do Sistema.

MoC (Management of Change)

Processo estruturado para monitorar e controlar qualquer mudança que impacte a estratégia da empresa e seu sistema de gestão de ativos.

Assetbook

Reúne as informações sobre o ativo, como: fotos, localização na estrutura funcional, data de aquisição, ordens de serviço, planos de manutenção, análises realizadas, indicadores de performance, planos de contingência, etc.

Triggers

Gatilhos para suportar a gestão de ativos que incluem: gatilhos de performance do ativo*, gatilhos de falha baseado em expressão definida pelo usuário e gatilhos baseado nos indicadores da gestão de ativos.

* MTBF, MTTR, disponibilidade, custos, etc.

Módulos de Análise

O Orion é um sistema de gestão de ativos suportado pelas metodologias quantitativas e qualitativas da engenharia da confiabilidade. Essas análises suportam a tomada de decisão precisa nas organizações. Os módulos de análise de confiabilidade do Orion eAPI incluem:

  • Life Data Analysis – LDA: Módulo para a análise da confiabilidade e mantenabilidade dos ativos
  • Reliability Growth – RGA: Módulo para a análise da tendência do MTBF
  • Visual Analysis – RCA: Módulo para Análise estruturada para eliminar falhas recorrentes através da identificação da sua causa raiz. Inclui as ferramentas: Brainstorming, 5 Porquês, Diagrama Ishikawa, Análise de Causa/Efeito e RCA.
  • Spare Part Forecast: Módulo para análise da quantidade ótima de itens sobressalentes
  • Degradation Analysis – DA: Para estimar a vida de itens a partir de dados de monitoramento da condição.
  • Integração com outras Ferramentas de Análise: Módulo que permite a integração com outras ferramentas especialistas em análise de confiabilidade e assuntos correlatos (exemplo: Softwares ReliaSoft, como BlockSim, RBI, RENO, Weibull++, etc.).

Planos de Melhoria

Permite criar planos de melhoria e planos da gestão de ativos. Possibilita acompanhar a evolução das ações, por meio dos portais e com o envio de e-mails para os responsáveis e envolvidos. Também disponibiliza painel para monitorar o ROI de todos os projetos de melhoria.

Reliability Forecast

Permite monitorar a probabilidade de futuras falhas com base na confiabilidade e criticidade dos ativos.

Módulo de Produção

Para analisar o OEE (Overall Equipment Effectiveness) e classificar perdas.

Módulo de KPIs/Dashboards

Permite a criação de painel de indicadores personalizados para cada usuário, para monitorar os ativos que são de sua responsabilidade. Possibilita o detalhamento dos indicadores até o menor nível da hierarquia do sistema.

Módulo Preventiva

Para determinar a melhor periodicidade para as intervenções preventivas, a partir das curvas de confiabilidade e informações dos custos de manutenção.

Módulo Relatório

Permite gerar e imprimir diversos tipos de relatórios: número de falhas, MTBF, MTTR, disponibilidade, perda de produção, custos, reliability forecast, visão consolidada, entre outros.

Portal de Usuário e Portal de Grupo

Permite que usuários individuais ou usuários vinculados a grupos de interesse gerenciem e acompanhem todas as atividades relacionadas à gestão de ativos, como ações, projetos de melhoria, análises, relatórios, pesquisas, etc.

Módulo de Pesquisa

Permite pesquisar informações do banco de dados do sistema através da seleção de tabelas e campos de assuntos relacionados, uma vez criadas, as pesquisas podem ser publicadas para grupos de usuários específicos ou para toda organização.

Módulo de Administração

O módulo de administração agrega as funções de configuração da aplicação como cadastramentos das listas do sistema, configurações de usuário e sistema, gerenciamento dos processos de importação de dados e cadastramentos de perfis de acesso e usuários.

Fale com nossa equipe. Preencha o formulário abaixo e envie-nos uma mensagem.

No momento nosso formulário está desabilitado.

Por favor, envie-nos sua mensagem por e-mail para contato@ctscompass.com

Agradecemos a compreensão.

Nosso Endereço

  • Compass – Brasil
    R. Domingos de Morais, 2187 – Vila Mariana – São Paulo/SP
    Torre Paris | Sala 612 | 04035-000
    Telefone: +55 11 2177-5456
    E-mail: contato@ctscompass.com

Encontre nosso escritório.

Nossas Soluções Veja como aplicar a Engenharia da Confiabilidade em sua empresa

Manutenção e Gestão de Ativos

Assegure a máxima disponibilidade com o menor custo, gerenciando os riscos em todo o ciclo de vida dos seus ativos.

  • • Estratégia de Manutenção
  • • Capacidade Produtiva
  • • Disponibilidade de Sistemas
  • • Dimensionamento de Sobressalentes

CONQUISTE UM NOVO PATAMAR DE EFICIÊNCIA OPERACIONAL!

Desenvolvimento de Produto

A Engenharia da Confiabilidade orientando a criação de novos produtos desde projeto.

  • • Ensaios Acelerados
  • • Identificação de maturidade
  • • Definição de garantias
  • • Momento ideal para o mercado

Planeje o lançamento e reduza recalls!

Alguns números sobre a

COMPASS

Profissionais Capacitados

22000

Usuários de Softwares

100000

Participantes do SIC

5000

Ativos Analisados

513000

Projetos de Consultoria

131

Próximos Treinamentos Conheça também tudo o que a Compass oferece no menu Capacitação

Programa
Rede Consultor

O primeiro programa de capacitação de
Consultores em Engenharia da Confiabilidade.

Cursos Presenciais e Online!