Domine a confiabilidade do projeto ao produto final

As empresas precisam controlar a qualidade e confiabilidade de seus produtos nas diversas fases de seu ciclo de vida, para conseguir determinar períodos de garantia ou prever quando o produto estará com maturidade ideal para sua liberação para o mercado, evitando altos custos em garantia e possíveis ações de recall. Por isso, é importante analisar seu desempenho ainda na fase de desenvolvimento por meio de ensaios acelerados, monitoramento do crescimento da confiabilidade e realização de experimentos para entender o comportamento do produto.

Sistemas de Gestão Indicados
Softwares Especialistas Indicados
Metodologias Indicadas
  • Análise de Dados de Vida
  • Confiabilidade de Sistemas
  • Ensaios Acelerados de Vida
  • Crescimento da Confiabilidade
  • Confiabilidade para Projetos – DFR
  • Análise FMEA/FMECA
  • Delineamento de Experimentos – DOE
  • Gestão de Falhas – Metodologias FRACAS e RCA
  • Análise do Custo do Ciclo de Vida – LCC
  • Análise de Risco e Simulação Estatística
Benefícios da Confiabilidade para Desenvolvimento de Produto
  • Determinação da confiabilidade ainda na fase de conceituação
  • Priorizar os itens críticos para testes de confiabilidade
  • Aplicação da sistemática de Design for Reliability de maneira sistemática – redução de até 30% nos custos de garantia e melhoria da qualidade da marca
  • Definir a relação entre confiabilidade vs. condições operacionais e ambientais
  • Executar Ensaios de Confiabilidade Acelerados – redução de até 60% na duração do tempo de testes e aumento em 90% na correlação entre o teste de bancada e a utilização em campo*
  • Definir os fornecedores que atendam aos requisitos de confiabilidade – redução de 70% das falhas prematuras
  • Monitorar o crescimento da confiabilidade e determinar o ponto de maturidade ideal – liberação para produção
  • Evitar Recall

Fonte: Resultados baseados em projetos já realizados pela ReliaSoft. Esses valores podem variar de acordo com a situação atual da empresa